Menina amor menina chamada

Diário de uma queda

2020.08.24 03:06 zephrot Diário de uma queda

Meu primeiro conto senão me engano, 8 anos atrás, resolvi revisar e mudar ele, masss antes disso quis postar a versão antiga antes da nova surgir, acho que é o certo a se fazer, espero que você ache minimamente interessante. :)

"Você é puro? Livre de pecados? Pronto para estar perto do nosso e único Deus? Se sim, zephyr É seu lugar"

Essa frase foi lançada desde o dia 1 de zephyr, uma bela mentira lançada para encobrir uma cidade podre por dentro, o que supostamente seria um templo no céu se tornou o túmulo de muitos, fora da casa em que me encontro ouço os sons de tiros e gritos, resultados da revolta contra o profeta, o cheiro de sangue invade pela janela, a cada poucos segundos ouço gotas de sangue e gemidos vindo de Arthas, o desgraçado demora pra morrer.
Não que isso seja ruim, demorei 10 anos para encontrar e matar o filho da puta, e ainda não me sinto satisfeito, não depois do que fizeram com minha família.
Dizem que acordar com uma visão do céu e sinal de boa sorte… creio que se isso fosse verdade eu teria sorte por toda minha vida.
Crescer nas nuvens teve suas alegrias, momentos perfeitos naquela cidade utópica criada pelos ideais de um fanático, uma cidade livre de pecadores, livre de raças inferiores, ali nos estávamos perto de Deus e ele perto de nos. Zephyr era seu nome, a joia do céu, a cidade livre de pecados, sua historia de origem? Bom, a real historia eu fui descobrir depois de muito tempo, mas a versão que nos era contada por nossos pais era a seguinte:
"Décadas atrás, quando o mundo estava perdido em guerra, uma criança nasceu em meio ao caos, uma criança que viria a ser nosso profeta, aquele que fundou nossa joia, nossa Zephyr. Sua infância perdida em meio a violência, se fez homem cedo e buscou em Deus refugio, e nosso amado Deus não deixaria tal criança sofrer em vão, a essa mesma criança foram dadas visões, visões na quais se via Zephyr. já como jovem iniciou a busca pela terra prometida ate se dar conta de que ele seria aquele que iria construi-la. E assim ele achou a entidade, o espírito do oeste, aquele que nos mantém no ar"
Se você achou vago, não se assuste, ele fez de tudo para deixar a narrativa aceitável, talvez tenha falhado em deixar convincente porem mesmo assim todos aqueles em Zephyr eram fiéis ao seu profeta... Pelo menos ele assim pensava. A historia não esta totalmente errada, na época como criança eu mesmo acreditava e orava pelo profeta, mas me perdoem, eu era tolo, e como tolo eu errei.
Com amor: Donnie
O cotidiano da minha infância seguia uma rotina bem simples, durante a semana aulas do começo da manha ate o fim da tarde, sábado passeios ocasionais com colegas de classe, aos domingos sempre tínhamos a santa missa, a qual todos os moradores de Zephyr eram obrigados a ir, isso resume minha vida desde os 8 aos 15 anos, mas uma hora ou outra a realidade bate em nossa porta.
Dia 30 de julho sempre foi uma data especial em minha casa já que marcava tanto o casamento de meus pais quanto o aniversario de minha irmã, Angie, ela era a nossa luz de cada dia, não importava o que acontecesse ela sempre sorria, sempre nos alegrava. Meu nome é Donnie, junto com Angie e meus pais Magnus e Cristine nos éramos a família Carter, uma família até que bem respeitada em nossa cidade, meu pai sendo um conhecido arquiteto e minha mãe uma dona de casa muito conhecida por seus doces, éramos em geral uma família feliz que ate esse ponto não tinha sido tocada por aquilo que Zephyr escondia.
Nossa cidade tinha uma ligação com o mundo terrestre graças aos dirigíveis, e logo abaixo de Zephyr havia uma pequena ilha onde ficava um terminal de abastecimento para nossos meios de locomoção além de uma pequena praia onde famílias podiam ir visitar e passar uma tarde agradável na areia ou no mar, contudo esse era o limite que o Profeta nos deu, qualquer contado maior com o povo da superfície podia nos influenciar no caminho do pecado, entretanto não era incomum nossa pequena ilha no meio do mar ser visitada por pessoas de grandes países, que são em sua maioria cheios de cidades, as que mais ouvíamos falar quando crianças eram Nova Iorque, Londres, Paris, e de um pequeno pais chamado Cuba, também não era incomum pessoas de cor aparecem por lá, mas logo eram detidas, pois de acordo com o Profeta, Deus marcou os pecadores com cores e características diferentes das nossas para que assim não nos envolvêssemos com o tipo errado de amizade.
Agora que expliquei o que e como funcionava a ilha, voltemos ao ponto em que parei, naquele dia para comemorar seu aniversario Angie quis descer ate a praia, ela amava a agua, desde pequena não gostava quando nossa mãe a tirava da banheira, ela era uma criança tão pura, fazendo seus 12 anos naquele mesmo dia. Como era seu aniversario meus pais não tinham como dizer não, escolhemos o primeiro dirigível das 9 da manha e descemos ate a praia, um detalhe muito importante era a maneira como minha relação com Angie funcionava, não era a típica relação de irmãos onde sempre há brigas, nos sempre apoiamos um ao outro, não importasse o que fosse, era tudo tão lindo ao lado de minha irmã, nosso percurso no ar levou cerca de 10 minutos, a excitação dela era palpável no momento em que ela viu o mar, meus pais como sempre abraçados e sorrindo ao ver o sorriso em seu rosto, pode parecer que meus pais não me davam bola, mas aquele dia era deles e dela, e eu me contentava por vê-los felizes, isso era mais que suficiente para mim, ao desembarcar no hangar de pouso a primeira coisa em nosso campo de visão foram as lojas da ilhas, um verdadeiro parque de diversão para Angie, só não era o mesmo para o bolso do meu pai.
Nossa primeira parada foi o carrinho de sorvete, uma tradição de nossa família toda vez que íamos ate lá. Angie avistou um vestido florido cheio de cores numa loja próxima, creio que ao ver isso a carteira de meu pai já começou a se preparar, devo mencionar que nos não éramos pobres, mas também não ricos como os Lannis ou os Bariens, mas vivíamos bem só que meu pai era mão de vaca mesmo. Creio que não seja necessária uma descrição detalhada de nosso dia na praia, comemos um belo café da manha, meus pai ficaram na areia abraçados enquanto eu e minha irmã estávamos no mar, pouco depois almoçamos ali mesmo na areia, a única parte realmente relevante dessa tarde foi que o capitão da guarda de Zephyr estava por perto e veio nos cumprimentar, seu nome? Arthas Lannis, um membro de uma das famílias mais ricas de zephyr, aquele filha da puta, pode ter demorado mas ele teve o que mereceu. Quando começou a escurecer meus pais decidiram que já era hora de irmos, e assim pegamos o próximo dirigível de volta para nossa cidade nos céus.
Lembram do amor de minha irmã por rosas? Eu não podia deixar isso passar em branco, assim que chegamos em nossa casa, pedi ao meus pais se poderíamos dar uma volta enquanto eles descansavam (eu sabia que eles queriam um tempo a sós) então foi fácil convencer eles, assim que eles liberaram saímos de casa, queria leva-la aos jardim da ilha do cardeal, esse era o bairro onde os membros do culto do Profeta moravam, então tínhamos que entrar as escondidas, mas valia a pena, eu sabia qual seria a reação dela ao ver o mar de rosas vermelhas daquele jardim, atravessamos a ilha onde nosso bairro se encontrava e fomos pela ilha comercial chamada de Lazaro, caso esteja confuso entender nossa cidade era dividida em ilhas flutuantes interligadas por bondinhos ou pontes, existiam dezenas de ilhas com vários tamanhos e utilidades diferentes, mas a mais imponente de todas era a ilha do Iluminado, chamada assim já que seu único habitante era ninguém mais ninguém menos do que o Profeta, entretanto não era permitido perambular perto daquela ilha, e isso nem mesmo eu ousava desobedecer, ao chegar na ponto que ligava Lazaro com Cardeal, tomamos cuidado para que ninguém nos visse e assim adentramos a ilha, ao passar pelo portao rodeado de madressilvas, logo ali na nossa frente, estava o que prometi a Angie, o mar de rosas mais lindo que jamais fora visto, lhe avisei que podia pegar apenas uma rosa para levar de lembrança, ela escolheu uma linda rosa vermelha bem gorda e sem nenhuma mancha. Ali estava ela, em pleno êxtase de animação ao segurar rosa em suas mãos, contudo, a realidade sempre bate em nossa porta não e mesmo? E foi assim que ela bateu na nossa. Um grito não muito longe de onde estávamos no alertou de que algo estava errado, puxei minha irmã pela manga e fui o mais rápido e silencioso possível em direção, esse foi meu primeiro erro, e paguei caro por ele, sem perceber acabei nos levando em direção do grito, ao chegar na intersecção das ilhas, bem em frente da ponte havias uma figura escura mesmo sendo iluminada por um poste, atrás dele um pouco retorcida havia uma criança chorando baixo, três homens carregando armas surgiram na frente do homem escuro, que mais tarde soube que na verdade ele era um afro descendente, o mais chamativo dos três homens que surgiram ira o conhecido Arthas Lannis.
Arrastei Angie comigo para trás de um banco perto da ponte, pensei que fosse ser possível esperar ali ate o que quer que fosse acontecer ali acabasse, esse foi meu segundo erro, mesmo de não muito perto pude ouvir a conversa entre eles:
– Por favor, minha filha e inocente, deixa-a ir – o tom de suplica em sua voz pegou de surpresa.
– A deixar ir? Ela carrega sua cor, a cor de um pecador, pelo bem de Zephyr não posso permitir esse tipo de gente em nossa cidade – quem falou isso? O capitão Arthas em pessoa, cuja frieza soava cortante.
– Meu Deus, protegei seu servo.. – antes dele prosseguir Arthas o acertou com uma coronhada.
– Quem você pensa que e para pronunciar o nome de Deus em vão? Raça imunda – uma segunda coronhada, dessa vez a menina começou a chorar de verdade. – Vão para o inferno, lugar onde o resto da sua raça te encontrara em breve. Guardas..
– Porque? – tanto eu e os guardas não sabiam em que reparar, na pergunta, ou na pessoa que a fez – Porque fazer isso com eles? Ele só esta protegendo ela – lá estava Angie, segurando sua rosa com ambas as mãos na espera de uma resposta;
Arthas foi quem se recuperou antes e disse:
– Vá para casa pequena, você não tem nada a ver isso – não havia cortesia em sua voz, aquilo tinha sido uma ameaça velada, infelizmente Angie não recuou, pelo contrario, enfrentou novamente o capitão se pondo na frente do homem escuro. – bom você não me deixa escolha criança – não havia hesitação em sua voz, ele nem sequer sentiu qualquer remorso – Guardas – lá estava eu paralisado, tanto por medo quanto pela própria cena em si – Apontar – minha voz não saia, nada que eu falasse ou tentasse pelo menos fazia, eu fiquei lá, parado, sem a mínima reação, esse foi meu terceiro erro, nesse meio termo, minha irmã com suas mãozinhas delicadas encaixou sua linda rosa no cano da arma do capitão, e mesmo assim, mesmo diante dessa cena não houve um brilho sequer de piedade em seus olhos, naquela horas eles estavam mais escuros do que nunca – Fogo.
Eu gritei, ao som do comando de Arthas eu gritei, mas voz nenhuma saiu, tudo o que consegui ver, foram pétalas queimadas daquela linda rosa boiando em um pequeno mar de sangue.
submitted by zephrot to u/zephrot [link] [comments]


2020.08.20 19:09 ggyver A Stalker

olááa luba, turma, convidado?, editor, papelões, gatas, a quem possa interessar
primeira vez contando algo aqui - e provavelmente a unica. n sei muito o que falar então ta ai logo a historia
A Stalker
Aconteceu alguns anos atrás, quando eu fazia um curso toda semana no centro da minha cidade. Pra voltar pra casa eu tinha que pegar um ônibus. Certo dia, voltando pra casa, notei alguem me encarando. Sou meio tímido, então nem olhei pro lado. Uns minutos depois uma menina se aproximou de mim e perguntou meu nome, eu falei que era gabriel, e ela disse que eu era muito bonito, sorri, agradeci e ela voltou pro lugar dela. Quando cheguei no meu ponto tive que passar por ela pra sair, e pensei em elogiar ela de volta, "nunca mais vou ver ela, que mal tem?" pensei, então elogiei. Não pensei mais naquilo.
Dias depois, meu amigo me marcou em uma publicação no Instagram perguntando se era eu. Era uma foto minha no ônibus em uma pagina chamada "crushnomedaminhacidade". Fiquei super nervoso e respondi o comentario do meu amigo dizendo que sim. Logo algumas meninas começaram a me seguir, inclusive uma que reconheci ser a que me elogiou no ônibus. Ela me chamou no privado e começamos a conversar. Papo fluiu, ela me contou que esteve me procurando nos últimos dias, e me passou o twitter dela, cujo nome era "PROCURANDO GABRIEL PRINCIPE DO ONIBUS". Tinha um tweet com um puta textão falando que estava apaixonada pelo gabriel do onibus, estava me procurando, pedindo RTs pra chegar em mim e novamente a minha foto. Depois ela foi atualizando as pessoas sobre o desenrolar da busca (tinha realmente uma galera acompanhando) Achei tudo aquilo muito estranho, mas fiquei com receio de dar um fora depois de tudo.
Com o tempo, fui notando mais umas coisas estranhas tipo ela postando print das nossas conversas no status do whatsapp, e prints das amigas dela comentando esses prints. Comecei a ficar mais desconfortável.
Eu sempre tive muita dificuldade em dar foras, e essa vez ainda mais, mas aí os comentários dela e dos seguidores começaram a ir pra uns lados sexuais, tomei """coragem""" e inventei que eu tava namorando quando ela me chamou pra sair. Ela começou a rir pra caralho falando que eu tinha entendido errado e não era naquele sentido, em seguida me bloqueou.
Epílogo
Semanas depois, minha amiga me mandou prints de uma FANFIC que a menina estava escrevendo o Twitter. Contava sobre integrantes de alguma banda de kpop se conhecendo no onibus e vivenciando amor a primeira vista, transando e fazendo coisas de fanfic. Enfim, gostei de contar essa história bizarra. obrigado lubinho, bjinhos Ƹ>
submitted by ggyver to TurmaFeira [link] [comments]


2020.08.18 20:41 KimiTanoshimu As Aventuras Desaventuradas de Pêra (#3)

Era uma vez, em tempos tão longínquos como o local em que esta história se passa, uma bela princesa, a jovem Pêra. Delicada como uma árvore nos seus primeiros anos de vida e doce como o fruto amadurecido que um dia dela cairá, Pêra passara grande parte de sua vida numa torre. Fazia-lo por opção própria.- É para criar tentação - alegava, usando uma história para crianças como justificação para seu pai.Este, extremamente cético quantos aos métodos de sua filha, até chegou a ameaçar de espingarda um ou dois pretendentes, mas admitira que a altura chegara e ela deveria arranjar um marido.Metros e metros, hectares e hectares, semeados de homens, cobertos de cavalos, carroças e joalheria. Depois de inúmeras horas, provavelmente até dias, a escolher a pente fino, a verificar passados e qualificações, três candidatos foram escolhidos e submetidos à pior das provas, mostrar à princesa o porquê de deverem ser escolhidos.
Entrou pois o primeiro, João Abreu:- Soys princesa ou soys anjo? Que tal língua que tanjo, Não te consegue descrever De tal beleza que estoy a ver.
Nos teus braços desejo voar Por João Abreu me poderás tratar Mas que serve uma apresentação Se não me for oferecida a tua mão?
(Pêra corou brevemente)
- Encantada estou com sua presença Com tal língua de habilidade imensa Acredito que não me tenha de apresentar Mas sou Pêra, parastes aqui para casar?
Movido pela reação da dama, convencidodisse:
- Pois então, pois venho! Uma grande população reino E se vós quereis o melhor que há Não procureis mais, à sua frente o está.
Ao sentir a presunção do dito João, Pêra, acertiva respondeu:
- Com a língua tem tu cuidado Não és mais que um mísero delegado E tal como na realeza, na poesia Desgosta-se o uso abusivo de ironia.
Envergonhado e acorbadado, fugiu com a espada entre as pernas, o mal sucedido delegado.
Surgiu assim o segundo, Manel Ferreira:- Oh Princesa dos meus olhosOh Rainha do meu coraçãoOh minha pura tentaçãoOh Alegria aos molhos.
Em ti confio mi vidaEm ti e só em tiEm ti um amor ardente vi.Em ti vejo uma boa vida vivida
(Pêra, encantada, reveu o perfil do jovem promissor. Só para se atormentar com o rank do pobre coitado no Lol...)- Oh pobre mocim'...Oh pobre mancebo cansadoOh pobre és e desesperadoOh pobre, então faremos assim:
- Eu com urgência necessitoEu não tenho defesa ou seguroEu tenho má fé e medo do escuroEu procuro um pequeno guardazito.
Sem perguntas que trouxessem má fado, sacou de um capacete e pôs-se logo a postos.
Chegara, por fim, o terceiro, O Mestre, ahm... Mário Ramos.- Oh que bela em pessoa soys!Ao natural, sem ilusõesMesmo encanto e tentações,E vaidade não falta pois.Neste mundo em que somos peõesVivamos não como um mas como doisE que esta rima isso simbolizeE sua magnificência caracterize.
Minha jovem dama dos céusCom honra e sem desleixoMinha benção deixoAos deuses meusE nem que se sacrifique gueixoMas que soltem os meus escarcéusPois nunca me senti tan desejadoE em tua grandiosidade estou atado.
Manel, agora guarda real feito, conjugado pela própria palavra real e tendo assim prometido manter a rainha a salvo, de forma a honrar tal palavra, ou pelo menos achando que assim o fazia, disse:- Para que vindes cavaleiro sovina?Para armar a esperteza?Para tentar alcançar a realeza?Para passar a perna a menina?
Acredites que vejo o sal na águaAcredites que vejo o vinho no pãoAcredites que não te vejo um único tostãoAcredites que te vejo a lhe criar mágoa.
De forma a seguir o direto, mas correto discurso do crente Guarda, disse assim a princesa:- Para que vindes então Cavaleiro?
Espantado por o que achara outrora um espantalho ter ditado uns belos versos, Mário rapidamente respondeu:
- Pois, bem, ahm, público difícil?Venho aqui um engenho meu demonstrarMas primeiro tenho que me certificarQue o guarda aplaudo, mesmo peridócil!Acredito que minha obra venha para ficarE substituir papel, pombo e estêncil,Este promove a comunicaçãoE WhatsApp é o nome que lhe dão.
Vendo a futura rainha com traços de curiosidade, Mário finalizou em estilo:
- A partir desta maquinetaPremir botão aqui,Botão ali,Mensagem para o pai, o filho e a netaFácil para todos, até para um lóquiSem discriminação, de gênero ou pernetaExperimente princesa, cortesia minha(É que para falar mais ninguém eu tinha).
A Princesa encantada, aventurou-se com a traquitana durante horas e horas e ao ver que o jovem inventor ainda se encontrava lá, à espera da sua reação, decidiu agradecer-lhe com um beijo, por lhe oferecer tal presente dos Deuses.Mário pifou. Como se diz em tempos mais futuros, mario.exe stopped working. Mário, que antes se apresentava apenas com intenções artísticas e económicas perante a princesa, viu um universo à sua frente e sempre que ficava sem ar, (ou pelo menos imaginava-se porque teorizara que no espaço não haveria ar), respirava o momento daquele beijo na sua agora rosada bochecha.Numa voz envergonhada e hipnotizada, disse:
- Pode ficar com o produto é uma oferta da casa princesaa aaa aE depois de alguns segundos, despediu-se e partiu, um tomatinho feliz a caminhar sobre o pôr do sol.
-Que farei eu agora meu guarda fiel? Nenhum dos 3 pretendentes foi escolhido... Bem não é tempo para mágoa, amanhã voltamos à seleção! - disse a princesa.
Enquanto isso, Mário voltava para a sua cidade Natal mais rápido que com qualquer cavalo devido a uma das suas mais recentes invenções, botas 'a jato'. Eram na realidade alimentados por uma fonte renovável de...- Finalmente cheguei! Não sabem o que me aconteceu! - disse o inventor.
Após chegar ao destino, tinha parado em casa de uns dos seus melhores mates, Lori e Manchester Kibizan.
- Estava a apresentar aquele meu produto à princesa, o que vos agradou também e ela não só amou como me deu um beijo como forma de agradecimento. Eu, eu acho que há mais que se diga da coisa, depois de amanhã vou ter com ela com outra invenção para continuar o namorisco, agora tenho que ir trabalhar nela mesmo, durmam bemmm!
E assim se despediu. Vendo esta reação e história tão estranha e súbita, Lori disse:
- Ele é bom rapaz.Ambos levantaram os ombros em concordância e continuaram o que estavam a fazer.
No dia seguinte ambos partiram cedinho na demanda para ir ter com a princesa. Chegaram bem mais rápido que o que seria necessário com as botas a jato personalizadas que Mário lhes fizera, que já agora utilizam um material...
- Eeeeeeish - disse Manchester. º
A fila que viam à sua frente de homens e de até várias mulheres, era humanamente impossível, bem em teoria, porque ali estavam. Não estavam interessados na princesa em específico, por isso foram sorrateiramente se aproximando da sua torre. Quando chegaram lá viram a princesa. Parecia cansada e irritada, mas para que é que estava esta gente toda aqui? Eventualmente, a princesa viu-os e avisou Manel para fazer a chamada para o lanche da manhã. A fila rapidamente desfez-se e várias pessoas reuniram-se em tendas ou acampamentos, mantendo civilizadamente a ordem.
- A que devo a vossa presença? - disse a princesa à dupla com quem mantia amizade há vários anos.- Ouvimos falar das tuas triquinices com uma pessoa especial - disse Manchester.- Gostávamos de saber mais - disse Lori, soltando um riso maroto.Confusa, Pêra respondeu?
- Triquinices? De que falam? Na realidade estou com falta de alguém para com quem as fa...
E interrompeu-lhe Lori para perguntar: - Pois, para que é esta fila toda?
Lori, percebendo a confusão da situação na cara da princesa e de Manchester decidiu contar o sucedido à princesa que lhe fez o mesmo.O resto é história, quando Mário soube o sucedido, de ambos os lados, já tinha sido rejeitado pela princesa, quase desprezado por tal difamação da princesa. E após dias de viagem a tentar buscar sabedoria com uma das melhores amigas da princesa, Rainha Vera, acabou ainda mais desolado, pois os conselhos desta tinham sido desistir da situação, para o seu próprio bem.Assim acaba a história, com Mário deitado debaixo duma árvore, a olhar para o sol. Sem emoção, sem pensamento, apenas com uma dor no coração. Não sabia ele que essa dor o motivaria para outras variadíssimas aventuras, milhares na realidade, até ser conhecido como o grande herói de toda a Terra. Mas isso é outra história.Por fim, sabe-se que Lori e Manchester se separaram de Mário, não por se terem zangado, mas apenas puro destino. Mantiveram, no entanto, contacto. Manel até hoje ainda guarda Pereira, mesmo já não se encontrando em sua torre. Após ter encontrado um plebeu cujo nome apenas tem duas letras, Pêra aventurou-se pelo mundo antes de ter de assumir o seu papel como rainha. Felizmente, acabou por encontrar um homem da selva que lhe preencheu o coração e a satisfez de uma vez por todas.Mário continuou sua jornada, com o coração partido e completamente destroçado, mas sem nunca desistir.
submitted by KimiTanoshimu to mariotoldbyyou [link] [comments]


2020.08.06 17:26 Anyy-youtuber amor agente se constrói porem nem todos ajudam

ola luba editores e turma que estar a ver.
Titulo: amor agente se constrói porem nem todos ajudam
Sou uma menina e n prefiro falar meu nome
E toda vez que conto essa história meu coração aperta muito! ent desculpe-me pelos erros de português! ent, eu tinha uma amiga que ela viajava muito pois seus pais sempre mudavam para um emprego melhor! ( isso vai ser um pouco importante).com tudo isso eu fui criando um sentimento dentro do meu coração que chamam de amor! entre tanto no meio do ano ela teria que se mudar para Portugal! pois seus pais tinham encontrado um emprego bem melhor! no ultimo dia que nos veríamos eu falei minha paixão por ela, ela tentou namorar comigo pelo menos por um dia mas n conseguia nem segurar a minha mão! com tudo isso terminamos. continuamos contato porem n sentia mais a paixão e ja tinha desistido! mas ela me surpreendeu e em uma chamada de video disse q me amava e que poderíamos namorar mesmo ah distancia. pensei muito e percebi que a paixão ainda existia, não era tão grande quanto antes porem fiquei com a frase "amor agente constrói" minha vó falou isso antes de ficar acamada e eu guardei ( a expressão se n me engano está errada porem conto assim ate hj pois lembro que minha vó amava falar isso <3) ent começamos a namorar. ficamos por quase 2 anos, porem entre eles terminei 2 e sempre voltava pois ela me ligava chorando e falando que iria se matar e ficava noites sem dormir por minha culpa e dizia que nunca viveria sem mim. eu voltava mais por do mas tbm amava ela.
porem eu tinha motivos para terminar que seria o grande defeito dela, que era se cansar de mim. nos ficávamos em chamada conversando e jogando para no divertimos, ela conversava com migo 1 semana e raramente 2, depois ela derrepente sumia e nao me respondia em nenhuma rede social. e toda vez q eu prescisava dela por problemas muito dificeis ela n estava la nem me respondia, depois de 1 mes ela voltava e falava que estava cansada de mim e depois voltava esse ciclo eterno, eu ficava extremamente chateada e pensava q todos deviam estar cansados de mim e eu apenas atrapalhavam eles com meus problemas.
Na epoca sofria bullying e me tornei bastante agressiva por alguns problemas familiares ( chegando ao ponto que meu corpo ficava com tanta raiva mas n sabia como resolver isso que travava partes do meu corpo principalmente pé e as mãos mesmo que eu estivesse andando e depois começava a chorar muito). No dia 2 e 3 de fevereiro comemorávamos o nosso primeiro dia que nos conhecemos e que eu quebrei o apontador dela sem querer, fiquei chateada mas superei pois já imaginava a desculpa dela ou talvez ela estaria fazendo um presente pra mim. 2 meses se passaram e eu fiquei assustada e com medo se tivesse acontecido alguma coisa. liguei pro nosso amigo que sabia do nosso namoro ela sempre conversava com ele, e pedi para ele perguntar pra ela oque estava acontecendo! ele me colocou em uma chamada com ela e ela gritou e mandou me tirar da chamada. depois pedi ele um explicação pois ela nem queria pensar em mim. ele me contou que ja fazia 3 dias que ela estava namorando com um menino que ela conheceu entre esses meses que ela n conversava comigo. chorei muito e travei os meus pes e minhas mao or cerca de 30min ( foi o maior tempo que ja fiquei travada ate hj) mas n era de odio mas sim de tristeza.
n vou me bancar a santa n porem confiei no nosso relacionamento e sempre fiz muita coisa por ela mas n recebia o mesmo. pedi ela para me explicar, ela me pediu desculpas mas disse que estava muito apaixonada pelo cara. eu entendo ela, porem n a perdoo por ter feito iss tudo com migo e ter me colocado um par de chifres. Hoje crei um problem que acho que todas as pessoas estavam cansados e me afasto pois n quero de decepcionar estou namorando mas o relacionamento o cara nem se importa comigo e sim em uma prova que vai contecer em 2 anos e creio que so namora comigo pois a minha amiga rejeitou ele e ele n sabe diferenciar oque e amor e oque e amizade ( porem isso e outra historia) e tambem tento conversar com ela porem ela me iguinora e quer q eu de todos os presentes para ela para depois me bloquear. estou pegando todos os presentes de volta, sei que estou sendo infantil porem n consigo... e isso luba e espero que tudo se resolva ( e ainda estou tendo serias crises de anciedade ao ponto de tomar remedios pois estou passando por um momento muito dificil). e isso turma e luba <3 ( postei dnv pq n sei udar o reddit ;-; ) edit: o pior e que um amigo meu sabia que ela tava me traindo, e ainda por sinal falou que ela nunca gostou de mim e apenas queria esperimentar coisas novas
submitted by Anyy-youtuber to TurmaFeira [link] [comments]


2020.08.06 17:02 Anyy-youtuber amor agente se constrói porem nem todos ajudam

ola luba editores e turma que estar a ver.
Titulo: amor agente se constrói porem nem todos ajudam
Sou uma menina e n prefiro falar meu nome
E toda vez que conto essa história meu coração aperta muito! ent desculpe-me pelos erros de português! ent, eu tinha uma amiga que ela viajava muito pois seus pais sempre mudavam para um emprego melhor! ( isso vai ser um pouco importante).com tudo isso eu fui criando um sentimento dentro do meu coração que chamam de amor! entre tanto no meio do ano ela teria que se mudar para Portugal! pois seus pais tinham encontrado um emprego bem melhor! no ultimo dia que nos veríamos eu falei minha paixão por ela, ela tentou namorar comigo pelo menos por um dia mas n conseguia nem segurar a minha mão! com tudo isso terminamos. continuamos contato porem n sentia mais a paixão e ja tinha desistido! mas ela me surpreendeu e em uma chamada de video disse q me amava e que poderíamos namorar mesmo ah distancia. pensei muito e percebi que a paixão ainda existia, não era tão grande quanto antes porem fiquei com a frase "amor agente constrói" minha vó falou isso antes de ficar acamada e eu guardei ( a expressão se n me engano está errada porem conto assim ate hj pois lembro que minha vó amava falar isso <3) ent começamos a namorar. ficamos por quase 2 anos, porem entre eles terminei 2 e sempre voltava pois ela me ligava chorando e falando que iria se matar e ficava noites sem dormir por minha culpa e dizia que nunca viveria sem mim. eu voltava mais por do mas tbm amava ela.
porem eu tinha motivos para terminar que seria o grande defeito dela, que era se cansar de mim. nos ficávamos em chamada conversando e jogando para no divertimos, ela conversava com migo 1 semana e raramente 2, depois ela derrepente sumia e nao me respondia em nenhuma rede social. e toda vez q eu prescisava dela por problemas muito dificeis ela n estava la nem me respondia, depois de 1 mes ela voltava e falava que estava cansada de mim e depois voltava esse ciclo eterno, eu ficava extremamente chateada e pensava q todos deviam estar cansados de mim e eu apenas atrapalhavam eles com meus problemas.
Na epoca sofria bullying e me tornei bastante agressiva por alguns problemas familiares ( chegando ao ponto que meu corpo ficava com tanta raiva mas n sabia como resolver isso que travava partes do meu corpo principalmente pé e as mãos mesmo que eu estivesse andando e depois começava a chorar muito). No dia 2 e 3 de fevereiro comemorávamos o nosso primeiro dia que nos conhecemos e que eu quebrei o apontador dela sem querer, fiquei chateada mas superei pois já imaginava a desculpa dela ou talvez ela estaria fazendo um presente pra mim. 2 meses se passaram e eu fiquei assustada e com medo se tivesse acontecido alguma coisa. liguei pro nosso amigo que sabia do nosso namoro ela sempre conversava com ele, e pedi para ele perguntar pra ela oque estava acontecendo! ele me colocou em uma chamada com ela e ela gritou e mandou me tirar da chamada. depois pedi ele um explicação pois ela nem queria pensar em mim. ele me contou que ja fazia 3 dias que ela estava namorando com um menino que ela conheceu entre esses meses que ela n conversava comigo. chorei muito e travei os meus pes e minhas mao or cerca de 30min ( foi o maior tempo que ja fiquei travada ate hj) mas n era de odio mas sim de tristeza.
n vou me bancar a santa n porem confiei no nosso relacionamento e sempre fiz muita coisa por ela mas n recebia o mesmo. pedi ela para me explicar, ela me pediu desculpas mas disse que estava muito apaixonada pelo cara. eu entendo ela, porem n a perdoo por ter feito iss tudo com migo e ter me colocado um par de chifres. Hoje crei um problem que acho que todas as pessoas estavam cansados e me afasto pois n quero de decepcionar estou namorando mas o relacionamento o cara nem se importa commigo e sim em uma prova que vai contecer em 2 anos e creio que so namora comigo pois a minha amiga rejeitou ele e ele n sabe diferenciar oque e amor e oque e amizade ( porem isso e outra historia) e tambem tento conversar com ela porem ela me iguinora e quer q eu de todos os presentes para ela para depois me bloquear. estou pegando todos os presentes de volta, sei que estou sendo infantil porem n consigo... e isso luba e espero que tudo se resolva ( e ainda estou tendo serias crises de anciedade ao ponto de tomar remedios pois estou passando por um momento muito dificil). e isso turma e luba <3
submitted by Anyy-youtuber to TurmaFeira [link] [comments]


2020.08.04 06:58 Yeager934 Amiga "imaginaria"

Ola turma, editores etc...(antes de tudo, perdoem os erros de português pois estou muito nervoso neste momento)
Tudo começa nos meus 8 anos de idade, eu estava na escola e reparei que meus poucos amigos estavam se afastando de mim e isso me abalou bastante, por várias semanas sempre sozinho e triste tanto em casa quanto na escola. Chegando em uma segunda feira na escola vi uma novata, o nome dela era Nicole e ela parecia bem amigável e inteligente, como eu estava bastante sozinho na época e ela não se juntava com as demais garotas resolvi fazer amizade com ela, ficamos amigos e ela me aconselhou bastante na época, a sabedoria dela me assustava um pouco e ela sempre achava uma solução e até às vezes me analisava e sabia que eu não estava bem. Ficamos muito próximos e comecei a gostar dela aos poucos, comecei a acompanhá-la até em casa para conhecer sua família e tudo mais, e em um dia aleatório decidi agradecer por tudo oq ela tinha feito por mim, já estava perto do final do ano e achei que deveria fazer isso já que a chance de eu ver ela iria diminuir muito, chegando na escola todo feliz reparei que ela não estava, então deixei tudo para o dia seguinte mas ela também não apareceu, fui falar com a professora para saber se ela estava doente ou algo do tipo e pra minha surpresa, a professora disse que não tinha nenhuma Nicole na nossa sala, comecei a rir de nervoso e fui falar com as meninas da sala e saber se sabiam algo dela mas elas disseram que nunca tinha entrado na sala uma novata chamada Nicole, quando a aula acabou fui correndo pra casa dela, chegando lá uma senhora saiu de dentro da casa e disse que não conhecia nenhuma Nicole e que ela morava a vários anos ali e que eu nunca apareci na casa dela com alguém. No outro dia resolvi perguntar para algumas meninas e meninos sobre o meu comportamento na sala e eles disseram que eu sempre estive sozinho, até em trabalhos em dupla e na hora de ir pra casa. Hoje em dia só tenho a lembrança dela e o amor que sinto pela pessoa que me tirou do caminho da depressão.
Obg gente, precisava desabafar isso em algum lugar e achei dois possíveis oportunidades, um no canal da Nicole diretora e aqui com a turma. Criei coragem depois de ver o anime burn girl senpai, o protagonista me ajudou a ter coragem e contar o meu caso que possivelmente pode ter sido uma síndrome da adolescência. Revejo esse anime e sempre choro, super recomendo. Enfim, é isso bjs <¾
submitted by Yeager934 to TurmaFeira [link] [comments]


2020.07.22 00:34 browndusky alguém se por favor pode me ajudar corrigir minha gramatica numa tese que fiz?

não sou português mas português foi umas das disciplinas que escolhi em universidade.
Eu falo bem português mas meu português escrito é totalmente lixo.(sei que não é muito professional com todas as palavras vulgares mas ya isto era eu a usar tudo que eu sei)
obg para me ajuderem!


“Colora minha vida com o caos de problemas” esta é uma linha duma canção de Smith que esta menina usou como uma citação no anuário em um filme sentimental de 2011, eu achei fixe esta citação, e por isso escrevi no meu caderno de rascunho e sonhei um dia alguém vindo pra minha vida e colorir-o com caos de problemas.
Eu sempre senti assim, sempre senti que preciso algo mais, a coisa comigo é que nunca me sinto satisfeito com que tenho.
E como muitos outros da minha idade, tentei preencher o vazio com atenção, drogas, animes e especialmente com o amor.
Eu faço parte daquela geração Nepalesa que assiste “3 idiots” e ouve canções românticas do McFlo e pense que não consegue ser feliz sem se apaixonar. Sabes de quem eu estou a falar sobre, aqueles rapazes que têm um exterior áspero mas no fundo eles têm um lado macio basicamente somos tsundere.
Fds nem fiquei triste depois de terminar com minha ex. Eu fiquei tipo olhe mais uma experiência, da próxima vez que eu estiver a namorar não vou cometer os mesmos erros.
Já terminei 3 vezes mas ainda não me sinto triste porque é fixe ter emoções.
A minha esposa podia me trair, levar metade dos meus bens, meu cão e meu filho Ramesh e eu vou ficar sem teto a pensar WHOA emoções são fixes.
Apaixonamento é uma treta que gente inventaram porque ficaram entediados.
“Colora minha vida com o caos de problemas” mas-mas porquê? Es estúpido?
Porque é que vocês querem alguém para foder a sua vida artisticamente?
Deve ser porque gostamos de altos e baixos do amor. Gostamos da montanha russa de emoções que o amor dá e sentimos vivos.
Amor é como bebidas alcoólicas ou bater punheta. Sentimos bem quando fazemos, mas depois de acabar fazer ou consumir nos arrependemos.
Se vocês não me acreditam, há centenas dos estudos detalhando como euforia do amor provoca a mesma sensação no cérebro como cocaine, seus viciados.
Nenhuma outra espécies faz isso coisinha de apaixonar. Os macacos não estão sentados na cama a pensar se é muito pegajoso mandar mensagem para aquela macaco com cú grande. Os macacos não precisam de pensar qual vestido é melhor para o encontro ou se preocupar com o cheiro, eles só fodem. É incrível, eles poderiam a estar comer banana um momento ou matando insetos e boom começam a foder. Eles não se dão mínimo se alguém está a ver ou tirar fotografias. Nós complicamos demais, porque é que é eu preciso de vestir bem e usar perfume e ela tem que dizer ela não costuma fazer isto.
Apaixonar-se não faz qualquer sentido biologicamente é uma nova emoção humana baseado completamente em egoísmo, ciumento e a insegurança.
Vocês malucos decidiram que amor significa pelo lei ficaremos juntos para sempre e se não o fizermos, leva metade do meu dinheiro. MAS PORQUÊ?
Não sou de coração frio porque acredito que amor é real. É algo que compartilhamos com nossa família, nossos amigos, nossos animais de estimação e com o mundo.
O amor torna-se para uma emoção possessiva especificamente humana quando vocês falam de encontrar aquela menina . “QUANDO OLHEI PARA OLHOS DELAS EU SABIA QUE EU IA PASSAR RESTO DA MINHA VIDA COM ELA”
A serio? Eu acho que há algo mal com tua cabeça mano.
Cair de cabeça totalmente cega numa relação é igual á tu projetar tuas inseguranças em outra pessoa. Não estás feliz com tua vida por isso começas a procurar isso em outra pessoa, e isto é insustentável, irreal e perigoso. Talvez não tens amigos, não gostas do teu trabalho, não gostas de ti mesmo ou talvez a tua mãe não te abraçou suficiente quando eras criança. E agora quando encontras uma gaja fixe que ri das tuas piadas, tu agarras nela como uma sanguessuga e tornas-te uma psicopata se ela até olha para alguém.
Isto é porque o amor é tão viciante quanto uma droga, os únicos dois tipos de pessoas que cortaria seus pneus e ameaçaria suicídio é uma viciante de drogas e uma puta louca chamada Verónica(karen).
Mas talvez eu sou sozinho e amargo porque tentei me se apaixonar mas nunca funcionou para mim.
Eu tenho certeza que acontece isto com toda gente.
Achas que gostas uma gaja mas depois de bater a punheta já não é o caso. Percebes que não estavas a pensar com a cabeça certa(é chamado post nut syndrome em ingles).
Agora estou no ponto em que estou aberto à idéia de amor, mas eu não consigo manter conversas com minas da minha idade, elas parecem a viver a vida em Instagram e acho que isto é um chatice. Como vocês não se cansam de usar o instagram depois de uma semana ou um mês? È realmente incrível.
Quando estão a falar de maquiagem, roupas e exes, pá não dou mínimo, a sério não dou mínimo.
Eu percebo que quando falo que não dou mínimo, estou a ser ignorante porque as pessoas se apaixonam alegremente e isso faz eles felizes, pá sou quero o mesmo sentimento, embora que eu saiba que o amor é basicamente cocaine para minha coração.
Eu acho que estou apenas amarga a ver todas essas pessoas juntos alegremente a fazer promessas que provavelmente não vão manter. Parece divertido não parece?
Romance é uma venda fácil. Todos nós gostamos quando o protagonista acaba junto com a menina e ambos ficam felizes para sempre. Gostamos de ver o final feliz. Gostamos de acreditar em "felizes para sempre".
Mas o amor romântico e o amor em geral é muito mais complicado do que fomos levados a acreditar nos filmes de Hollywood.
Não ouvimos que o amor às vezes seja desagradável ou até doloroso, ou que o amor precisa autodisciplina e uma certa quantidade de esforço sustentado ao longo de anos, décadas e uma vida inteira. Essas verdades não são emocionantes. Nem eles vendem bem. A dolorosa verdade do amor é que o verdadeiro trabalho de um relacionamento começa depois que a cortina se fecha e os créditos rolam.
Como a maioria das coisas na mídia, o retrato do amor na cultura pop é limitado ao destaque. Todas as complexidades da vida real em um relacionamento são varridas para dar lugar a títulos emocionantes, a separação injusta e, claro, o final feliz favorito de todos.
Quando somos apaixonados, não podemos imaginar que algo possa dar errado entre nós e nosso parceiro. Não conseguimos ver falhas delas , tudo o que vemos é potencial e possibilidade ilimitados.
Isto não é amor. Isso claramente é uma ilusão. E, como a maioria das ilusões, as coisas não terminam bem.
Eu acho que eu gosto de ideia de amor mas não tenho paciência nem quero comprometer minha liberdade para ela. Eu gosto quando estou o centro da atenção e não gosto quando sou eu que precisa de dar atenção. Sempre que estive num relacionamento a princípio, fico empolgado; mas depois de algum tempo, perco toda a paciência e a interessa.
Eu gosto de ideia de amor e é basicamente que este filme 500 days of summer satirizou.
Eu gosto como este filme criticou o conceito de amor.
A personagem principal decidiu que a menina Summer era sua alma gémea, porque eles ambos gostam da mesma música. Ele cresceu vendo filmes românticos com um fim clássico. E por isso ele pintou uma imagem na cabeça que a Summer era criada para ficar junto com ele mas não é realmente o caso no fim deste filme. O amor verdadeiro precisa de paciência, compromisso e atenção e isto parece búe complicado pá. Em vez disso eu prefiro ver porno e bater a punheta.
submitted by browndusky to portugueses [link] [comments]


2020.07.08 06:42 ridicula_27 Como ser "apaixonada" por três pessoas totalmente diferentes

Ok, isso é muito confuso, eu que vivo isso admito que é confuso, então vou utilizar nomes fictícios pra tentar explicar melhor e que fique um pouco mais fácil de tentar entender. Essa história é enorme aviso logo, então pega um café e se senta.
Eu mudei de escola quando eu comecei o 1° ano do ensino médio, numa escola integral, passo o dia todo lá. Nessa escola eu conheci uma menina que se chamava Isabella, que era muito legal, gentil e as gente combinava em muita coisa como gosto musical, séries e coisa do tipo, ou seja, tínhamos muitas coisas pra poder conversar. A gente era grudada na escola, tipo muito, claro que a gente era aberta pra outras pessoas mas sempre estávamos juntas. E depois de um mês desde que eu conheci a Isabella, eu comecei a gostar dela, mas eu tava muito limitada por ter acabado de sair de um "relacionamento" muito abusivo, me sentia mal por gostar dela, pq esse outro relacionamento começou quando eu vi que eu tava caída de amores por uma amiga (que a propósito não tenho mais nenhum contato com ela por tanto mal que me fez), então eu fiquei muito assustada por estar acontecendo a mesma coisa com a Isabella, medo que ela pudesse me faz mal como a outra fez ou pior. E pra correr dessa situação toda me afastei da Isabella, que veio conversar comigo pra entender o que tava acontecendo. Contei toda a história dessa menina pra Isabella mas também escondi o fato que eu estava gostando dela como algo a mais, com medo de que ela se afastasse de mim. Isabella entendeu bem minhas limitações e continuou do meu lado. Nesse mesmo mês, Isabella começou a ter várias crises de ansiedade por não se adaptar a escola e as pessoas de lá, ela não se sentia bem e faltava muito as aulas e foi nesse tempo que eu conheci um menino que seu nome era Kaio, e a gente era tão inseparável quanto eu e Isabella, ele vivia na minha casa, dormia, almoçava, a gente saía, então viramos melhores amigos. Sempre estávamos juntos, e por mais que Isabella tivesse me confidenciado que sentia certo ciúme do Kaio por eu estar sempre com ele, ela começou a falar com ele, e logo também viraram muito amigos. Um dia, eu fui na casa de Isabella pra fazer um trabalho com ela, e lá eu descobri ela tinha uma gêmea. Sim, uma gêmea, e o nome dela era Isadora, e ela não estudava na minha escola. O problema foi que quando eu estava lá na casa delas, Isabella saiu pra cozinha sem explicação nenhuma e me deixou no quarto com a Isadora, que começou a puxar assunto comigo sendo muito gentil e tão legal quanto a Isabella.
Conversamos muito, conversei mais com Isadora do que com a Isabella, que era a que eu estava com mais vontade de conversar. Isadora me tratou muito bem, e pegou meu celular salvando o número dela nele. Enfim, fui embora da casa delas e comentei com o Kaio sobre a Isabella ser gêmea e ele já sabia, o que me deixou muito desconfortável, não sei dizer o pq. Ele perguntou se ela era bonita quanto a Isabella, e eu disse que sim, as duas tinham uma beleza invejável o que não é mentira e Kaio sabia que eu tinha uma queda pela Isabella e sabia que eu era lésbica. Ele falou que iria fazer amizade com Isadora e eu não liguei tanto. Duas semanas se passaram e eu comecei a conversar muito com a Isadora, tipo mesmo, quase 24hrs por dia, com uma mensagem de manhã às 6 hrs até uma ligação de duração de 2 ou 3 hrs até 3 ou 4 da manhã. Nossa ligação era muito forte, mais tão forte que dizíamos o fatídico "eu te amo", que eu nunca levei pra um lado a mais, pq eu estava ainda muito caída pela Isabella, e Isadora sabia que eu estava gostando da irmã dela. Isadora sempre foi uma âncora pra tudo que eu passava em casa, e eu realmente prezava ela mais do que a mim. Mas tudo mudou quando Kaio veio conversar comigo sobre estar muito muito apaixonado por Isadora. Eu não sabia que eles conversavam do jeito que Isadora e eu conversávamos. Ela ou ele nunca me disseram nada. Quando ele me falou o que sentia por ela eu fiquei muito feliz, mas com um incômodo que eu não sabia explicar o que era. Kaio sempre foi um menino um pouco difícil por assim dizer, pouca gente gostava dele, pq ele era um babaca completo e eu sempre passei pano pra ele, então eu que sempre estava com ele, nós três na vdd, eu, ele e Isabella. Kaio e eu fomos na casa das gêmeas e foi lá que a merda começou. Kaio e Isadora se beijaram na minha frente. Isabella preferiu ficar no quarto dela, eu tentei ir com ela pra não ficar de vela, mas achei melhor não invadir o espaço dela. Então fiquei de vela pro Kaio e Isadora, não se beijavam mas sempre estavam se tocando. E nesse momento eu descobri que eu sentia atração por Isadora do mesmo jeito que Kaio sentia. Foi então que o inferno começou.
Kaio se declarou pra Isadora, que também disse que gostava dele, o que deve ter ativado alguma coisa na cabeça dele que ele começou a agir mais babaca do que ele já era, tratando as pessoas mal, se achando, se mostrando. Eu me sentia muito mal com a situação da Isadora, pq a Isabella mal falava comigo pq faltava muito as aulas, e a Isadora "retribuia" o que sentia por ele, e comecei a tratar ele mal na mesma moeda, porém sendo muito mais agressiva nas palavras. Um dia, eu notei que ela continuava a dizer que me amava e não dizia isso pra ele, pq sim eu ainda falava com ele mesmo odiando tudo que ele fazia. Mas um dia Isadora parou de falar comigo, sem motivos aparentes, e eu não aguentei mais e falei muita coisa com Kaio, culpando ele de muitas coisas inclusive de ter tirado Isadora de mim, foi feia a briga, tanto que a gente quase caiu no soco. Tiveram que me segurar pra que eu não fazer besteira e acabar sendo expulsa da escola. Eu parei de falar com Kaio a partir daquele dia. Isabella viu a "briga", que aliás, a escola toda viu. Ela contou pra Isadora o que aconteceu, que me ligou perguntando o que tinha acontecido o pq eu tinha brigado com ele, e eu só chorei feito um bebê e contei pra ela o que eu sentia por ela. Ela simplesmente não falou nada e desligou a chamada. Depois daquele dia, ela não me mandou mensagem ou me ligou mais. Isabella continuou a falar comigo e com Kaio, nunca ao mesmo tempo.
Umas semanas se passaram e eu conheci uma menina, seu nome era Melissa, que era de outra turma de 1° ano. Começamos a conversar bastante, quando Isabella faltava, eu passava meu almoço com Melissa, que sempre me beijava no rosto ou me abraçava, então as pessoas começaram a pensar que eu e Melissa tínhamos alguma coisa, mas não tínhamos, éramos só muito amigas (que sim, dávamos selinhos pra nos cumprimentar ou despedir, um carinho, não levei nada disse a sério também). Eu não ia muito na casa das gêmeas por ser muito longe e perigoso, mas a casa de Melissa era ainda perigoso mas um pouco mais perto da minha casa, então eu sempre que podia ia na casa de Melissa. Fazíamos vídeos, fotos, a gente conversava, e coisas que amigas fazem. Melissa era apaixonada pelo meu primo (muito babaca por sinal) e eu ainda sentia a falta tremenda de Isadora. Descobri logo depois que Melissa era nada mais e nada menos que a fucking EX do Kaio. Como eu disse, fazíamos vídeos e Melissa sempre fazia questão de gravar eu e ela dando selinho, o que eu nunca vi nenhum problema. Todo mundo sempre via a gente como casal, pq ne, mão dadas, beijos, abraços, carinhos, enfim. Um dia Isabella conheceu Melissa, e o que eu já imaginava, eu tive certeza: Isabella não gostou de Melissa. Não sei o pq até hoje, dizendo Isabella que foi ciúmes, o que eu não sei se acredito, talvez seja uma possibilidade. Melissa gostava de Isabella, na vdd, não tinha nada contra, mas ela realmente não gostava de Isadora, e Isabella chegou a me dizer que Isadora também não gostava nenhum pouco de Melissa. Mas eu não liguei muito pra isso. Eu comecei a ver Melissa de outro modo, o jeito que ela me tratava, cuidava de mim e logo vi que eu tava em um dilema enorne: Eu estava/estou apaixonada por três meninas ao mesmo tempo. (Fogo no rabo? Com certeza)
Os fatos importantes já foram ditos, o desfecho dessa história toda foi:
• Isabella saiu da minha escola e foi estudar na escola que Isadora estudava.
• Kaio e Isadora não chegaram nem a namorar, foram ficantes por somente umas duas semanas e só. Hoje não se falam mais por nada nesse mundo.
• Eu briguei de soco com meu primo que Melissa gostava, pq ele fez mal a ela, e ela meio que parou de gostar dele.
• Pra esquecer o meu primo, Melissa começou a ficar com um menino que eu não gostava e ainda não gosto. Antes que eu falasse a ela o que eu sentia, eles começaram a namorar e Melissa se afastou de mim. Eles namoraram e terminaram perto de fazer um ano, ele foi tóxico e traiu Melissa.
• Kaio mudou bastante, se redimiu com todos, mesmo sendo chato as vezes, ele amadureceu. 6 meses depois da briga toda, eu resolvi conversar com ele, deixar tudo pra trás, até pq a gente era muito infantil por brigar por uma menina. Hoje estamos bem.
• Isadora nunca mais falou comigo no Whatsapp pra nada, enquanto eu ainda conversava relativamente muito com Isabella. Melissa também mal trocou uma mensagem comigo.
• Fui na casa das gêmeas no começo do ano, Isabella preferiu ficar com seus outros amigos, enquanto eu conversei com Isadora sobre tudo que tinha acontecido. Quando eu voltei pra casa, Isadora preferiu continuar não falando mais comigo pelo Whatsapp. Só quando ela quer.
• No final das contas, acabei sem nenhuma das três. Isabella e Isadora não falam muito comigo e eu e Melissa conversamos muito, mas ela ainda me vê só como amiga. Mesmo que as vezes eu demonstre que eu quero algo a mais. Então eu meio que parei com as investidas.
Eu me sinto mal pq penso que poderia ter sido diferente, eu poderia ter pelo menos a amizade das três, se não fosse essa minha confusão toda e carência.
submitted by ridicula_27 to desabafos [link] [comments]


2020.07.05 10:21 gf_rdp Minha vida está na mão de imbecis.

Desculpa pelo post, desculpa pela agressividade, porém eu não aguento mais. Eu preciso conversar com alguém, nem que sejam apenas palavras em uma mídia social.
Um pouco de background. Tenho 18 anos, moro com minha mãe, meus avós e minha prima. Não quero passar como arrogante ou moralmente superior, porém eles são o que são, completos imbecis. Minha família sempre foi totalmente desligada de ciência, estudos, vida acadêmica, etc, preferindo ficar do lado da televisão, religião e teorias da conspiração. Graças a alguém desde cedo e sempre gostei de ler e acho que isso foi o principal responsável por me introduzir um pensamento científico. Nunca vi nenhum deles pegar em um livro, sempre fui ridicularizado por gostar desse tipo de coisa.
O começo da quarentena já mostrou como a luta iria ser difícil, a família se mostrou totalmente contra máscaras e quarentena, chamando isso de "ditadura" (adivinha que elogia a real ditadura), sendo assim o desgaste necessário para manter esses desgraçados em casa foi insano. Além de ter que ficar policiando eles 24 horas por dia, tenho que aguentar as incontáveis discussões, faltas de respeito, ofensas por ficar "contra a própria família".
Meu Avô foi na Caixa 2 vezes essa semana (semana passada), foi na feira comprar fruta uma vez, foi no atacadão uma vez, foi comer no Subway, e comprar e tomar cerveja conversando no mercado. Quando tentei argumentar com ele, ele ameaçou quebrar minha cara e me chamou de viadinho. Minha mãe só consegue defende-lo, também sai inúmeras vezes com suas Amigas para cá e lá, e fica puta quando chamo sua atenção.
Antes que você crie uma ideia errada sobre mim, achando que eu faço de tudo pra proteger ele, saiba que é o contrário, eu quero que ele se foda. Meu avô é talvez a pior pessoa que eu conheço. Ele se orgulha de ter sido torturador durante a ditadura (até guarda lembranças dos "subversivos"), é agressivo e abusivo com minha vó (um doce de pessoa que foi condicionada por uma família escrota a aceitar esse tipo de atitude), nos afastou de todo o resto de nossa família por conta de brigas idiotas, abusou psicologicanente da minha mãe a ponto dela desistir da careira Dela pra cuidar dele, repetidas vezes agrediu minha cadela a ponto de eu ter que doar ela (te amo, Amora) etc. Não me julguem, porém se ele morresse hoje eu tenho certeza que não choraria, porém não posso garantir que não ficaria feliz.
Todos os dias é uma luta, eu já acordo deprimido, sabendo que o dia vai ser desgastante e que minha família Vai se afastar um pouco mais de mim. Eu não aguento mais essa merda toda. Eu tenho diversos problemas de pulmão, fumei e fui viciado em maconha por quase todos os dias durante mais de um ano (16-17), tenho cicatrizes no tecido pulmonar e função pulmonar reduzida. Eu moro no DF, estado onde o governador disse que iria tratar o COVID como gripe, que não iria comprar respiradores (mesmo já estándo com 90% dos leitos ocupados) e ao mesmo tempo está sendo investigado por corrupção (quem diria). Devido minha condição financeira eu não sei se vai dar pra pagar um tratamento particular, eu já consegui juntar 600 reais desde o começo da quarentena, mas isso é longe do necessário.
Só agora eu percebi o quanto o desespero pode mudar uma pessoa. Sou ateu desde os 12 anos, quando comecei a ler Sagan, porém me peguei algumas vezes tentando me comunicar com algo superior, não sei até que ponto isso é fé ou só necessidade de conversar com alguém.
Eu cheguei a um ponto que eu simplismente desisti. Eu aceitei que nunca vou ter uma família, que nunca vou ter uma namorada, que nunca vou ter amigos do peito, que nunca vou conquistar algo na minha vida, que nunca vou mudar o mundo para melhor, que nunca vou ser lembrado por algo, que nunca vou viver um romance, que nunca irei encher alguém que me ama de orgulho. Eu passo o dia deitado na cama, fantasiando como seria bom se eu tivesse uma família, mulher e filhos que me amassem e me respeitassem como igual. Passo o dia pensando em todas as meninas que eu me apaixonei platonicamente e que nem vão se lembrar do meu rosto quando eu morrer, eu fico imaginando como seria se nós nos apaixonássemos e vivessemos uma vida linda, eu penso no tanto que eu poderia aprender com elas e elas comigo. Eu sei que é brega (e coisa de "viadinho", de acordo com o filho da puta), mas isso me ajuda a lidar com a situação. Pelo menos eu tenho um alívio momentâneo de toda essa merda. Reparem que eu disse momentâneo, pois quando eu percebo que todas essas lindas ideias nunca irão acontecer, tenho vontade de morrer.
É engraçado, eu arrumei um jeito de me enfiar em uma depressão fudida nos últimos 2 anos (a maconha com certeza foi um fator), ela estava melhorando antes da quarentena, porém eu me lembro de várias vezes ao dia pensar o quanto eu queria morrer, ficar imaginando se as pessoas sentiriam minha falta ou se sentiriam culpadas quando eu explodisse minha cara. Agora, quando eu estou a beira de uma doença mortal, eu não consigo parar de me agarrar a vida. A natureza humana é curiosa.
Hoje eu tive um pesadelo, eu sonhei que estava andando de carro com meu avô, e quando estávamos entrando na rua passou um carro do nosso lado com um homem de meia idade tossindo muito, meu vô desacelerou e ficamos um tempo com os carros lado a lado enquanto ele tossia. Nesse momento eu fiquei desesperado e sabia que tinha pego o Covid, a parte mais estranha do sonho é que meu vô pareceu se sentir culpado. Agora eu acordei, 4 da manhã, suando frio, e percebi que as luzes do quintal estavam acessas e que o carro da minha prima não estava aqui, perguntei para ela onde ela tinha Ido e a maldita está em uma festa de música eletrônica. Isso mesmo, querido amigo, minha priminha foi para o RAVE, enquanto eu estou a quatro meses dentro de casa para protege-la.
Eu tenho muitos arrependimentos, mas nenhum deles chega perto de se comparar com o maior de todos. Quer saber o que é? Ser tímido. De todas a s merdas que eu já me meti, a que mais me arrependo é ser tímido. Talvez se eu tivesse sido popular, tivesse sido esportista, tivesse sido engraçado e prazerosos de se estar perto, talvez eu teria aproveitado minha vida até aqui, talvez eu tivesse amigos que me amassem e se importassem comigo, talvez eu tivesse vivido um amor. Meu aniversário passou a alguns meses, e ninguém lembrou... Nem umzinho parabéns... Nada... Os únicos que lembraram foram os da minha casa, após minha mãe convenientemente lembra-los durante o café da manhã. Isso me deixou completamente fudido, dói até hoje... Se eu tivesse que fazer tudo diferente eu teria feito. Não teria passado os últimos dois anos enfurnado dentro do quarto, fumando maconha para me imaginar como grande, para esquecer o quanto eu me odeio e me envergonho de mim mesmo toda vez que eu boto o pé para fora de casa. Esses dias eu sonhei com uma menina chamada Isabelle, foi um lindo sonho, porém quando acordei a realização de que foi tudo Fantasia foi a pior de todas, desde então prefiro ter pesadelos, é melhor acordar e perceber que nada foi real.
Sinceramente, eu só queria alguém para conversar (sem propostas, gente), alguém para poder abrir meu coração e falar como me sinto e me senti nos últimos anos, alguém que possa eu possa olhar nos olhos e saber que Ali existe amor e compaixão...
Se eu for infectado eu posto uma atualização, se eu sobreviver também. Desculpem pelo desabafo adolescente, porém essa horinha que eu tirei para escrever, ajudou a me acalmar. Cuidem da família de vocês, gente. Por pior que eles sejam, eles podem ser tudo que vocês tem, obrigado pela atenção.
submitted by gf_rdp to brasil [link] [comments]


2020.07.02 19:25 AshFlashy_ sou babaca por ter terminado com o meu ex namorado abusivo e depressivo?

ola lubixxco, turma, editores (novos e anitiguinhos), gatas, e todo o mundo menos vc sexxto andar do luba (vcs n merecem o meu amor e carinho)
Enfim, essa historia aconteceu a mais ou menos um mês, esse cara (vamos chama-lo de Cals) aparentava ser uma pessoa incrivel e gentil, nos conhecemos pelo instagram, e ficamos de conversinha por la msm, nosso relacionamento era a distancia e como somos menores de idade, nao podiamos viajar pra nos visitar (e tbm tinha o corona obv) ent faziamos chamadas tds os dias, conversavamos tds os dias, era td uma maravilha.
Até que um dia (nao sei como chegamos nesse assunto) ele me pediu um nuds meu, mas eu obv disse nao e ele ficou full pistola, ficou bravo cmg dizendo que era pra eu confiar nele (estavamos com umas 3 semanas de namoro) e que ele nunca iria mostrar minhas ftos pra ngm. E por dias ele me pediu isso e eu idiota aceitei. Foi a pior sensação que eu tive e ele disse que queria mais oq obviamente me deixou puta e eu terminei com ele, disse que n achava certo oq estavamos fazendo e eu precisava terminar, bloqueei ele em td redes sociais, whatsapp, td.
Um mes dps, decidi chamar ele pra conversar, pra resolver umas pontas soltas e ver como ele estava. Aquela foi a pior decisao que eu tomei, ele ficou revoltado e disse que quase se matou por minha causa e quando eu disse que estava começando um relacionamento com uma menina, ele surtou e disse que iria se matar. Quando ele disse as palavras "eu nao aguento mais" eu surtei, chorei horrores, liguei pra ele, mandei mensagem e uns 30 min dps ele me respondeu e disse que tava td bem e que foi so um surto e que ainda me amava (mas eu n) e por impulso por medo dele querer fazer alguma coisa disse que amava ele, e que iria voltar com ele.
Depois de ""'voltarmos""" ele começou com o papinho das ftos dnv e eu recusei dando a desculpa de que estava ocupada. Mas eu percebi algo nele que eu n percebia antes, ele estava mais "violento" me xingava dizendo que era brincadeira, e quando eu dizia que n era legal, ele usava a "depressão" dele (que n tenho certeza se era verdade ou n) como desculpa que "era o modo dele de lidar com as coisas".
Depois de uma semana e meia com ele, decidi terminar, eu n aguentava mais, eu tinha que dar 100% da minha atenção pra ele e lembra da menina que eu comecei a conversar, entao ela começou a colocar de escanteio por nao responder ela. E ele AINDA POR CIMA me xingou e disse que iria se matar, e como eu n manisfestei nada, ele uns 5 minutos voltou e me chamou de "vadia sapatona" e disse "eu vou morrer e e td culpa sua, vadia" e me bloqueou
Agora a duvida, sou babaca por ter terminado com ele sabendo que TALVEZ tenha depressão?
submitted by AshFlashy_ to TurmaFeira [link] [comments]


2020.07.01 12:11 Gaara_Sousa Aprarentemente sou bi e to muito feliz com isso :)

Não sei se é normal estar feliz por descobrir sua verdadeira sexualidade, mas eu estou e como eu to feliz com isso kkkkkkkkkk
Como eu descobri:
Eu tava conversando com um gay (não sei se é legal identificar ele assim, se não for, me perdoe) depois de 2 dias de conversa, eu me imaginei beijando ele, eu gostei da possibilidade de beijar ele. Reparei também que conversando com ele, era a mesma coisa que falar com uma menina da minha idade que eu gostaria de ter algo.
Depois disso, me perguntei se eu era gay, mas eu tinha certeza que gostava de mulher, até que lembrei que tem os bissexuais, falei para mim mesmo: "ok, talvez eu seja bi kskskksksks"
Eu fiquei muito feliz, hoje em dia eu não me importo tanto para a opinião dos outros, tanto que contei sem medo para uns amigos, tava só com medo de eles acharem que eu daria em cima deles ou nossa relação mudar por causa disso ( nós sempre brincamos com tudo, então eu queria que eles brincasem com isso )
Mas deu tudo certo, foi engraçado ver a reação deles, fiz chamada de vídeo só para ver a cara deles ao ouvir isso kkkk ( eles disseram que para me zuar, vão ter que me chamar de hetero kkkkkk )
Enfim, não sei com 100% de certeza que eu sou bi, mas se for to muito feliz, que se foda o preconceito, viva o amor kskskskks
( escrevendo isso, lembrei de algumas vezes que me senti atraído por homens 😳👉👈 ) kskskslslkskskskskks
Enfim, espero que com essa boa notícia eu tenha alegrado um pouco seu dia :)
submitted by Gaara_Sousa to desabafos [link] [comments]


2020.06.29 19:29 Lynne_da_C2 A CARENTE DO INSTAGRAM

Olá Luba, editores, gatas, microfone, fantasmas atrás do Luba, FBI, possível convidado, a propósito traga mais o Jean aqui, e todos que estão a ver.
(Sou nordestina quero sotaque aqui na minha mesa viu tia Carminha.)
Bem minha história começa naquela linda plataforma chamada Instagram. Uma guria me mandou mensagem aí eu pensei: "Gata vou conversar, trocar ideia né". Mas como a boa Peixinha que sou esqueci de mandar mensagem, e ela me mandou, okay passou-se uns dias até que eu me lembrei de responder. continuando a guria já começou me chamando de amor, neném, Bb, mô entre outros e eu ignorando e tals. (Ela é de outro estado okay?) Beleza continuando ela pediu meu Whats a gente conversou, consolei ela pq ela tava triste e tals. Depois a fdp veio falando que me amava e etc. (Muita carência pra uma pessoa só, credo) logo pensei: "oshi essa daí é doida nem me conhece, tá de onda com minha cara, uma febi tife dessa, sabe nem meu nome direito. Oushi". Aí mandei real pra ela, disse que não sou de namorar, que não sentia nada por ela, ainda, até pq não a conhecia o suficiente pra dizer que a amo, aí ela começou com os paranauê dela, e a proposito antes de tudo eu tentei ter uma conversa razoavelmente normal com a guria, e ela sempre me cortava, não disse a idade, não disse do que gostava não disse porra nenhuma pra mim, então né. Ela disse que ia tomar remédios e se embebedar, pq tinha sido iludida mais uma vez. (A gota serena se iludiu sozinha né? Pq eu tava ali pra ser uma amiga/ ficante. Não o amor da vida dela, credo.) Eu mandei ela não inventar moda pq querer se matar por alguém que vc acabou de conhecer é muito fogo no cu mesmo. Eu já com o cu na mão de raiva disse tchau, que ela arrumasse um psicólogo que ela tava precisando, e que ficasse bem. 2 horas depois a guria volta dizendo: "bora tentar dnv, vc vai se apaixonar por mim do mesmo jeito que eu tô apaixonada por vc". Pensei: "vai te lasca febi tife" porém como a boa menina educada que sou respondi: "A nega acabou o clima sabe, bora ser colegas tá tudo tranquilo, fica bem aí, tchau". A gota serena só sossegou o priquito quando eu disse: o porra eu não te quero, vc é muito carente e eu não quero namorar eu não quero você e não quero ninguém compreenda a situação. (Talvez tenha sido um pouco grossa, mas deixei claro isso no Instagram, E aqui tbm então né) (Esqueci de mencionar ela queria que eu fugisse de casa pra ir pra cidade dela morar com ela.) Enfim doida né? Então fui babaca por não ter "tentado conversar com ela" e por ter sido grossa? (Nesse caso "conversar" é tipo ficar de papo até que um dia, talvez, eu chegasse a gostar dela.)
My opinião: Nn acho, ela que é muito carente. Or.
Enfim, eu colocaria os prints porém não sei mexer aqui ainda gente, então se eu aprender eu posto aqui pra vcs.
submitted by Lynne_da_C2 to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.21 02:28 mamamarquinhos Relacionamento tóxico (fui o babaca da história?)

Olá Luba, editores e possível convidado. Hoje vou contar uma história sobre um relacionamento que terminei recentemente e queria uma opinião.
Deixando bem claro logo de início que darei vários detalhes, então certamente vai ficar beeem longo.
Bom, tudo começou em março, conheci uma menina no colégio, papo vai papo vem e decidimos começar a ficar. Ela me passava uma visão muito perfeita dela, que ela era atenciosa, carinhosa, que me respeitaria, era fiel, resumindo, uma pessoa ótima pra namorar. Então, nos conhecendo a apenas um mês decidimos tentar levar mais além o relacionamento, eu pretendia a pedir em namoro mas teve a quarentena, e como não ia pedir a guria em namoro pelo WhatsApp decidi esperar a quarentena terminar.
Mas, aí que está o problema, após o início da quarentena parecia que eu estava me relacionando com outra pessoa, ela era grossa comigo, me tratava mal, me desrespeitava muito, mesmo comigo dava espaço para outras pessoas darem em cima dela, enfim, era outro ser. Eu pensei que tudo que estava acontecendo era por conta da quarentena, que tá todo mundo muito doido e que ela estava tendo uns problemas, então relevei por muito tempo, mas começaram a acontecer umas coisas que não consegui suportar quieto.
Quando começou a quarentena a gente começou a conversar muito mais, só que tinha um problema nisso, ela SEMPRE falava de coisas do passado dela. Ex: “Eu amava quando meu ex fazia isso” “Quando eu estava pegando tal cara” “Teve uma vez que fizeram tal coisa comigo” e é complicado ouvir esse tipo de coisa, primeiro pq não tem sentido nenhum eu saber histórias de ex peguetes dela, e segundo que eu tenho problemas de autoestima (ela sabe disso), então eu começava a me comparar muito com esses caras, e isso só piorava minha situação.
Outra coisa que acontecia muito, era cortes de clima. Por exemplo, teve uma vez que estávamos falando “coisas inadequadas” um com o outro, e ela começou a falar da minha ex, ou começava a falar das coisas que estávamos falando, mas dizendo que já fez com outros caras. Meio que é o mesmo problema de cima, mas enfim.
Mais outra coisa, ela tinha me passado a conta do Instagram dela, algo que eu nunca quis mas ela insistiu bastante, então acabei colocando. Eu realmente não sei qual era a intenção dela com isso, mas eu só passei estresse, toda hora era um cara dando frete nela e ela dava espaço para eles fazendo isso, e como sou muito inseguro e ansioso acabei vendo algumas conversas dela, algo que não me orgulho, e acabei vendo muita coisa que não queria, e descobrindo que ela mentiu pra mim (um exemplo de mentira foi que ela tinha me dito que nunca mandou nudes pra alguém, e quando eu abri a conversa dela com um cara aleatório só vi coisas que me provaram o contrário), então acabamos discutindo por conta disso e etc.
Outro problema é que por conta disso eu sentia muito ciúmes dela, e acabava ficando muito inseguro dela acabar me traindo e etc, pq ela não me passava segurança disso, eu sempre dei meu máximo para ela se sentir bem, se sentir segura, não precisar pensar que um dia eu trairia ela, mas isso nunca foi recíproco, muito pelo contrário, ela amava me provocar, me deixar irritado, mexer com minhas inseguranças e com minha ansiedade, e tinham os acontecimentos do insta. (Um exemplo de mexer com minha ansiedade. Ela sabe que eu sou bastante ansioso, e numa certa noite ela me mandou a seguinte mensagem no WhatsApp: - Marcos, precisamos conversar sério. - Tudo bem. Aconteceu algo? - Vou dormir agora, amanha conversamos.
E como eu disse, sou bastante ansioso, e eu acabei passando a noite em claro pensando no que poderia ser, e acabou que não era nada de importante, ela só falou que me amava.
Mas só estou apontando os erros dela, vou apontar os meus também.
Certo dia ela me chamou no WhatsApp falando o seguinte (Não tenho print da conversa mas vou tentar ilustrar o que houve):
Daí por diante foi somente ela se contradizendo e etc. Nesse dia eu terminei com ela, pq fiquei bastante irritado com o fato dela estar comigo e querer outras pessoas, infelizmente sou o tipo de pessoa que não consigo controlar minhas ações quando estou irritado, então acabei falando bastante besteira pra ela, eu liguei pra ela, discutimos muito e terminei a ligação falando isso: “Quer pegar homem? Pegue. Quer pegar menina? Pegue. Quer pegar na ro** de Carls (vou explicar essa situação também) pegue. Você está solteira.” E desliguei.
Eu me arrependo de ter dito isso pq acabei sendo estupido, e após isso eu postei dois status falando coisas do tipo: “Obrigado por: Mexer com minha insegurança Acabar com minha saúde mental Piorar mais ainda minha autoestima” Basicamente falando coisas que aconteceram. Eu me arrependo disso também, que mesmo somente falando o que aconteceu, mesmo sem mentir, acabei expondo ela, e não acho isso certo.
Sobre a situação que citei, vou tentar resumir, basicamente um amigo meu me contou que ela brincou de pegar no penis dele mas ela pegou com malícia, mas quando fui falar com ela ela disse que só fingiu que iria pegar mas pegou na coxa dele. Ao meu ver, mesmo sem supostamente ter pego, não é o tipo de brincadeira que se faça estando comprometido. Então me irritei muito e quase terminei com ela na época.
Bom, voltando. Depois de terminar com ela, eu fiquei muuuito mal e comecei a deixar de lado tudo se ruim que já tinha acontecido e só passei a ver o “lado bom”, que era as coisas que aconteciam durante as aulas presenciais, então acabei voltando com ela. Depois de duas horas que eu tinha pedido pra voltar com ela, ela simplesmente disse isso pra mim durante uma ligação: “Se eu tivesse vergonha na minha cara eu dava um não pra você, você tem muita sorte de me ter, terá que batalhar muito, mudar e talvez me reconquistar”
E assim, eu achei isso muita mancada, pq eu tava ali tentando fazer dar certo e etc, e ela me larga uma dessa... enfim. Eu não fiz nada na hora, somente dei uma desculpa e desliguei a chamada.
Enfim, eu penso que de certa forma eu posso ter tornado o relacionamento tóxico, pq acabei sendo muito ciumento e talvez controlador, pq eu acabava cobrando muito dela, pq ela não me tratava bem, dava espaço para as outras pessoas darem frete e etc. então eu cobrava muito coisas que eram para acontecer naturalmente, e isso acabava desgastando o relacionamento, não sei se eu acabei estragando o relacionamento, não sei se era para eu ter me estressado menos e etc. enfim.
PS: dias depois que ela falou aquilo sobre dar um não na minha cara, decidimos terminar. E também tem muito mais coisa, mas eu tentei resumir ao máximo para não ficar cansativo.
Afinal, eu fui o babaca da história?
submitted by mamamarquinhos to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.21 02:23 MaxNeves Ola luba editores,papeloes, gatas e possivel convidado.Criei essa conta so pra fazer esse post.Bom Eu queria q vcs julgacem c eu fui o babaca............ Titulo: a suposta traição

Bom a um 1 e meio conheci uma garota chamada "rafaela" eu e ela começamos a conversa depois de alguns meses ficamos melhores amigos.E passou 2 semanas (Em marco) eu pedi ela em namoro ela aceito e ficamos felizes era raro agente brigar e quando brigavamos eu dava alguma coisa q deixava ela feliz tipo comigo e tals....Passou 1 ano agr em 2020 em março dia 25 fizemos 1 ano d namoro e dps disso conheci um mlk super gente fino (A um detalhe q n contei eu e ela ficamos trollando um ao outro) vamos chamer esse mlk de "juaum" meses conversando minha namo ficou estranha comigo e o jaum tbm Ela so postava coisas dele e ele so dela Tivemos uma briga feia terminamos e tals. Maaaiisss ela tinha uma irma q supostamente tava ficando com o juaum mais eu via no status da rafaela q era tipo"Ta ai meu amor por vcs" dueu muito e essa irma falou muitas coisas pra mim..... E assim q inicia um diagolo: -Ola max.-(Lay) -Oi ola "Lay" quanto tempo(eu) -ss, queria falar umas verdades aqui q a "rafaela" me obrigou a n te contar.....(Lay) -Pd falar(Eu) -O jaum e eu nunca namoramos d vddr isso era uma mentia pois a rafaela e o juam estavam juntos(Lay) Termina a conversa.... Nesse momento n respondia mais ela.Eu so consiguia chorar e chorar ai uns meus amigos ficaram sabendo pois ela tinha contado (A esse dia era sexta...) Entao meus amigos me chamaram pra sair (uns deles tinham ate me avisado sobre ela) e eu fui beber fiquei com umas a duas meninas e tals no dia seguinte Fui na casa dela conversei com ela. Me pediu desculpa e eu aceitei falou q c arrependeu e tals voltamos e agr q vem uma parte interessante Eu n gosto dela muito do com muita dor ainda Entao decidi fica com uma mina e tals e ela n sabe Muito vao fala q eu sou o babaca. Bom essa foi essa historia Inventei algumaa coisas pra polparem vcs Tipo passei em depressao e tals e n queria passar isso a vcs....... E foi isso lubixco <3 ti amu
submitted by MaxNeves to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.17 10:33 Lariplush Achei que era romance Netflix mas virou novela mexicana.

Olá, Lubisco, editores, Jeans, convidados e turma que está a a ver,(rip papelões). Minha história é meio grande mas vou tentar resumir pra vcs. Essa história já tem uns anos que vem rolando mas só percebi recentemente, tudo começou em meados de 2016. Eu vim morar em uma cidade de interior bem pequena lá pra 2013 ou 2014, (ps: nasci em SP e cresci lá tem 7 ou 8 anos que estou aqui), logo que cheguei me engracei com um hetero e tivemos um relacionamento longo, logo não saia muito de casa era só rolê de casal mesmo (logo vao entender o pq). Em meados de 2016 eu e o boy estávamos brigados minha mãe não queria ver ele, então combinei com uma amiga de ir na única boate da cidade pra fingir que to no rolê com ela e sair com ele, antes de ir pra boate ficamos eu, minha amiga e meu amigo gay esperando o meu noivo na época chegar em um barzinho de frente. Quando chega um grupo de meninas, uma delas ficou me olhando fixamente e meu amigo disse que o gaydar dele tava apitando que ela me queria, sempre fui bisexual mas não dei muita importância na época pq tava focada no meu relacionamento com o boy que logo chegou e eu sai de lá. O tempo passou e em 2017 eu pra casar com boy estava terminando os estudos junto com ele, estudávamos a noite na mesma sala, chegando na sala nova me deparo com a garota esquisita de novo (Ps: na época não me lembrava que era a mesma do barzinho), sentávamos próximo a ela tipo do lado separados por um corredor. O boy que eu estava era extremamente tóxico (vivia em um relacionamento abusivo e nem sabia) brigava comigo por tudo e sempre riamos brigas feias na sala, e ela acompanhava tudo de perto. Um belo dia ele ficou encarando a menina dizendo “essa desgraça não desconfia? Culpa é sua que gosta de ficar chamando atenção por ai”, eu sem entender nada achei que era loucura da cabeça dele, no outro dia começei a reparar e vi uns sinais, mas permaneci acreditando que era loucura, nesse meio tempo fomos sorteados pra ganhar um curso pré vestibular. E adivinhem quem foi sorteadas? É isso ai eu e ela. Nos aproximamos durante esse curso que era junto com outras escolas, sentávamos juntas e brincávamos tava começando a sentir coisas diferentes, até que um dia ela foi com outra garota que nem era do curso pra lá, eu supus que era namorada dela (a mina tinha cara de mal) então esse dia sentei com grupo de amigas, eu andava com as blogerinha populares pq era modelo na época, depois que ela me viu com a turma ela sumiu do curso, (na época não achei que fosse por minha causa). Na escola ela faltava quase sempre e eu tbm e não nos falávamos porque o boy morria de ciúmes dela, trocamos umas msgs no face pra trocar matéria ela me chamou pra sair com amigos mas não fui. Vida seguiu ano acabou, anos se passaram. O boy abusivo começou a ser agressivo comigo e lá pra fim de 2018, um belo dia em casa viu minhas msgs do face e achou minha conversa com ela e surtou “vc disse que ia sair com ela? Ia escondida? Pra quem não meche no face entrou só pra responder ela?” E no meio da briga me agrediu. Dai eu dei um basta e separamos, meses se passaram e já tava até com outro boy. Veio a black friday de 2019 e eu e meu novo boy decidimos passar na Americanas a madrugada comprando besteira, na fila a minha frente tinha uma garota primeira amiga que fiz quando cheguei na cidade, tínhamos nos afastado com o tempo e aquele dia nos reaproximamos e marcamos uns rolês, no segundo rolê com essa amiga minha estávamos conversando sobre sexualidade e eu disse que era bi mas que daquela cidade nunca tinha tido interesse em nenhuma guria, exceto uma ela me perguntou como era, dai eu expliquei, dai ela disse “mentiraaaa” e a (vamos chamar de Arls) eu disse que sim ela disse “que tudo” e passou, isso foi no domingo, quando foi quarta-feira, adivinha quem me solicita seguir no insta? Poiseee, já logo perguntei oque minha amiga tinha falado. Ela mandou o print que dizia “minha amiga quer beijar sua boca” pra Arls, é amados essa vergonha eu passei a vista. Começamos a conversar eu me expliquei pra ela papo vai papo vem, ficávamos conversando durante horas e horas madrugadas e madrugadas, marcaram um rolê pra gente se vê, (eu já tinha largado o boy da época), e dai rolou nosso primeiro beijo no banheiro de um posto de gasolina com total de 90% de pressão das 20 pessoas em volta que eu conhecia apenas 2 ou 3 no máximo, (Ps: sou extremamente tímida pra mim foi muito difícil), as coisas foram indo, nós morávamos no mesmo bairro, chegou Natal (ai Natal), ela foi em casa com uma galera depois fim de noite fomos pra outro posto. Estava eu lá bem bebada doida, mas clima de casalzinho com ela e a galera. Adivinha quem chega no posto? Isso mesmo o boy tóxico, (esqueci de contar que depois do término antes desse Natal ele já tinha me ameaçando várias vezes e tentado passar em cima de mim com o carro várias vezes tenho testemunhas disso) eu vi, ela viu que eu fiquei nervosa (medo o nome mesmo) e sem saber que um dos motivos do meu término foi ela, me beijou na frente dele, e foi lindo pq eu queria mesmo que ele me deixasse em paz e com ela eu tava bem e feliz (por enquanto). Depois disso ele só me chegou muito por msg e sumiu. Eu pensei é isso, mas meus pais não sabiam que eu era Bi, e tudo era escondido na cidade pequena e ela sempre me vinha com papo de “fique com outras pessoas pq não quero me prender eu vou pegar geral tbm uhul ✌🏻” falei “suave suavao” tava na época de liberdade pós relacionamento abusivo e tals dai eu tinha uma pessoa pra cada dia da semana, era o Farls a Larls o Cals a Tals, e por ai vai, sempre tive muitos amigos e bebia quase todos dos dias (meus pais estavam se separando tbm estava em uma fase difícil), mas sempre dava preferência pra ela (se ela quisesse namorar de verdade abriria mão de tudo por ela), até que prece que ela começou a se incomodar, a amiga da black friday começou me dar uns toques “para de trair ela” e eu “gente não namora é isso que ela quer”, ela tentava me fazer ciúmes nos roles que iamos mas as guria davam em cima de mim e ela emburrava, (nunca fiquei com ninguém na frente dela, quando tava com ela era só ela), um dia perguntei pra ela se ela queria que eu parasse se isso incomodava ela, ela me disse que não é que era coisa da minha cabeça, e que ela não podia namorar pq já tinha uma web namorada. Ok, continuei nos roles curtindo como se não houvesse amanhã, ela começou a mudar comigo me tratar mal ficar estranha, já não nos falávamos mais as madrugadas e sempre com grosseria, dai parei com meus roles tentei ser mais presente sempre levava um chocolate quando ela estava triste, (eu sempre gostei dela fazia aquelas coisas pra não me apegar a alguém que eu achava que não me queria e tinha medo de me machucar de novo), mas as coisas foram ficando cada vez mais estranhas, quando eu ia pra lá ela não saia do celular conversando com umas guria, nunca senti ciúmes pq não me achei no direito já que não tínhamos nada mas parecia sempre que ela queria esfregar na minha cara. Fato é um belo dia ela pediu para sermos apenas amigas, não durou 3 dias tava na cama dela de novo, ai começou um briga e se pega de novo teve muita coisa nesse meio não vou contar tudo pra não ficar muito maior do que já ta, mesmo assim ainda acho que ela não gostava de mim. Tinha uma amiga de faculdade minha que pagava de hétero e nós pegávamos as vezes, quando comecei a ver que estava gostando de mais da Arls a Larls se reaproximou bastante de mim (até então a Larls era única menina da regiam que eu tinha me envolvido sentimentalmente mesmo) um belo dia eu postando stores com a Larls a Arls parou de me seguir, dai eu vi que tinha magoado ela e me senti um lixo, nesse dia eu vi que estava apaixonada (nunca disse isso a ela) mas não conseguia mas “dormir” com a Larls, logo ela viu isso é tbm me mandou ir atrás da Arls, dai pra frente amores foi meu desande e descordai. Tentei me reaproximar dela mas ela sempre grossa me cortava sempre tentava me afastar, de todo jeito possível, mas de alguma forma eu vez ou outra conseguia dobrar ela e era perfeito noites lindas que sinto falta. Isso durou meses ela nunca mudava sempre me rebaixando e webs namoradas e tentando fazer de tudo pra me magoar. Eu permaneci até um dia cansar, e tentar ficar com outra pessoa agora serio sem tudo isso, ela me viu com essa guria e me mandou foto mal, adivinha quem foi no outro dia atrás? É eu mesma, foi mais uma das noites bonitinhas e perfeitas parecia até que tinhamos “voltado” . Não durou muito depois disso voltou tudo, mas ela ainda me chamava pra ir ver ela as vezes, até que um dia bebada em rolê (nosso grupo de amigos é o mesmo), a conheci uma guria e fiquei foda-se tava magoada e tals, advinha se não chegou na Alrs? E ai só piorou tudo. Nunca tinha dito oque sentia por ela por ela me tratar mal não queria ser piada na roda de amigos esses dias pra trás eu bebada acabei falando oque eu sentia pra ela ela por sua vez, demonstrou pena e disse que tava web namorado a 3 dias e queria que isso dela desse certo (detalhe a gente tinha se beijado 40 minutos antes). Fiquei triste mas aceitei afinal já esperava que ela não gostasse de mim, final de semana fui na casa dela buscar minha guitarra (Ps: havia sonhado com meu ex boy abusivo e ela uma semana anterior a eu ir na casa dela a semana toda, morro de medo desse guri quero ele longe), e adivinha né fiquei mais doque devia dormimos juntas. E ela com vídeo chamada com a web mina dela seila oque, no outro dia de manhã ela me acorda dizendo que a prima da guria amiga dela que tinha adotado uns cachorros dela tava lá pra mostrar os filhotes, ela me disse pra não sair do quarto e eu perguntei porque, ela disse que tinha acabado de descobrir que o boy da menina era o meu ex boy doido. Ela fingiu demência e foi brincar com os dogs e eu fiquei em estado de choque dentro da casa “me deu crise de ansiedade e pânico” sozinha enquanto eles confraternizavam tranquilamente, eu sem bateria no cel e sem dinheiro pra ir embora. Ela entrou depois de um tempão e olhou nos meus olhos e me perguntou. “Tem certeza que ele te batia? Ele parece ser legal.” De todas as coisas que ela tinha me dito e feito essa foi a que mais me feriu, depois disso ficou do meu lado dizendo por video chamada sobre como queria chupar a web namorada, e a minha carona não chegava, (Ps: não moro mais perto dela tipo do outro lado da cidade) aqui não tem ônibus e mesmo que tivesse tava sem grana só cartao, aqui não tem uber nem os moto táxi não aceitam cartão e era domingo, ou seja tava presa ali, tudo aquilo tava me matando eu fui pro quarto dela escondida chorar tipo muito, até que ela me mandou msg pra me falar pra ir embora, disse que pagava e tudo que não me queria ali mais, meu celular acabou a bateria não consegui avisar quem ia me buscar que eu ia sair daí mas mesmo assim, levantei chorando peguei minha guitarra e atravessei a cidade toda com a guitarra nas costas chorando. Infelizmente ainda esqueci minha blusa lá e vim embora com a roupa dela. Minha carona meu amigo me achou na rua chorando ele tava desesperado tadinho, dai fiquei bad sumi de tudo whats, insta, durante uns 4 dias, (isso tudo foi no domingo) depois de um tempo voltei e no outro final de semana descobri que na terça-feira (dois dias que eu tava sumida de tudo) ela havia trocado de numero e na quinta me “silenciado” no Instagram, crente que eu ia atrás dela. Não fui,nem iria, nem vou, pois dessa vez eu fiquei muito magoada com oque escutei dela mesmo tendo ela visto tudo que viu e apesar de gostar muito dela é isso não passou até hj. Cansei disso tudo... Não vi mais ela depois disso tudo nem sei se verei (toda vez que nos víamos era um climão bizarro sempre acabava na cama dela ou atracada em um canto) por enquanto permaneço firme, mas magoada e com saudades ao mesmo tempo. Queria muito que tivesse dado certo mas enfim, gosto muito dela talvez ela nem saiba e nem vai saber se o Luba ler pq ela odeio YouTubers em geral então é isso. E ai eu fui a babaca?
submitted by Lariplush to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.16 22:19 leonorkum briga sem sentido

Este é bem grande por isso preparem se. Olá luba, editores, gatas,turma ou chat que está a ler (como vc queira luba) hoje venho falar de uma coisa que aconteceu recentemente ( já agora sou portuguesa ent pode fazer o sotaque se quiser, sim estou a tratá-lo por senhor,respect e tbm já tens 30 kkk) Naquele dia eu e as minhas amigas combinamos de fazer video chamada pq já n falávamos á muito tempo. Quando entrei na chamada estava toda a gente a rir se e eu perguntei o que se passava elas responderam: - Carls nós tamos a falar com um boy e arrumamos briga e tá a ser muito engraçado, ele é britânico o sotaque inglês dele é muito engraçado kkkk, ouve. pelos vistos elas, principalmente uma rapariga que vamos chamar de Farls, andaram a dizer mentiras sobre o rapaz á namorada dele, detalhe o rapaz no audio estava muito furiso a chamar lhe coisas n tão boas assim e a dizer tipo fuck off eu n tenho nada a ver com isso, e a Farls tinha conhecido o rapaz no omegle (melhor lugar para conhecer pessoas n é msm) a dizer que ele tinha abusado uma garota. Eu como boa pessoa que sou (tosse tosse) pedi o username dele para entrar na confussão, isto foi tudo uma mentira, quando ela enviou o username eu fui ao snap para falar com ele mandei um audio a pedir desculpas, detalhe eu sou fluente em inglês ent n houve problema em falar com ele, pelas ações dela e que ela era msm assim gostava de fazer confusões e lutas do nada só para diversão ele avisou me para lhe dizer para ela parar pq ele conhecia pessoa que podia fazer coisas desagradáveis com ela e tbm para acreditar nele pois ele já o tinha feito antes, no inicio óbvio que achei que era mentira ent fui stalkear e nos coisos do snap ele tinha cenas com drogas e estava com pessoas n muito agradáveis fiquei preocupada e pedi para ele se acalmar e para n irmos para o lado violento e que ia falar com a Farls sobre o assunto, eu n contei á Farls sobre a parte de ele poder fazer coisas, só disse meninas pelo amor de deus parem de falar com ele só parem pelo amor de deus estou literalmente a tremer parem pff elas dissera que iam parar óbvio n acreditei nelas e perguntei ao rapaz se elas tinham parado ele disse que n e fui avisar que a Farls estavam a meter se em coisas muito sérias. Depois disso o rapaz disse me que o tio dele traficava drogas e que conhecia pessoas, bem podia ser mentira e provavelmente era, ele provavelmente disse isso só para nos meter medo mas como tinha visto as cenas lá do snap acreditei como uma meia vdd, continuei sem dizer ás minhas amigas sobre a parte do que ele podia fazer, elas ficaram com medo depois de dizer que estava a tremer, eu n sou uma pessoa que se assusta facilmente, a Farls parou e eu tbm disse ao rapaz para ignorá-la, bloquear a Farls e se acalmar, depois disso eu perguntei-lhe exatamente o que tinha acontecido ele disse que ela andava a espalhar mentiras sobre ela, ele acalmou se e agradeceu por ter ido falar com ele e de eu ser racional, talvez se n tivesse falado com ele as coisas iam ser piores. Depois disso eu mando um audio para a Farls a dizer que ela meteu se em coisas sérias e que falar com estranhos era parvo ela respondeu que para me acalmar e que n era nada do que estava a pensar e que o rapaz era ex dela e por isso que estava a falar assim óbvio n acreditei e disse que foi só estúpido o que ela fez e ela disse que já o conhecia e que n sabia pq eu estava a exagerar e eu disse que n entendia as suas escolhas de vida e que ela devia mudar ela disse n preciso dos teus concelhos e que n precisava de mim para defende-la eu respondi que n falei com ele para defende-la e sim dizer ao rapaz que ela era super irritante e começavas discussões do nada ela começou a dizer que eu esta a atacá -la verbalmente, o que era mentira, e eu respondi que estava só a dizer vdds ela respondeu que eu tbm n era um anjo e que era parva ,que eu era uma falsa sem noção e que também tinha feito coisas piores que ela, eu respondi quero saber o que fiz pelos menos eu tento mudar ao contrário de ti ela disse que ia ficar um mês ali se disse se tudo e eu disse lembro-me sim de te ter dado um estalo por teres espalhado mentiras sobre mim ela disse que n sabia do que eu estava a falar e eu disse deves ter memoria de peixe ent ela ficou sem responder por uns dez minutos e disse tu é que exageras e que se havia alguém com sentimentos naquela conversa era ela, eu que sabia que ela tinha feito bullying com uma menina da nossa turma disse sim realmente eu é que n tenho sentimentos pelo menos n fui eu que fiz bullying com a Karls com k ela disse que isso era mentira e que a karls com k é que tinha espalhado o rumor sendo que havia prints das conversas e que foi a minha mãe que é psicóloga que fez o acompanhamento da Karls com k eu disse que sabia pq tinha sido a minha mãe que fez o acompanhamento da karls e que sobre isso ela n podia mentir óbvio ela ficou sem palavras por um momento e continuou a dizer que era mentira, eu tbm sabia de uma amiga minha muito próxima que tbm tinha andado no psicológico durante um ano por causa da Farls como podes ver ela é muito tóxica, eu disse que sabia de outra pessoa que andou no psicólgo por causa dela e ela disse que era mentira e tbm e que era culpa minha de acreditar em tudo e era tudo rumores e tbm n ia perder o seu tempo com pessoas de merda como eu e que se estava a cagar para mim e que tinha as melhores amigas do mundo e que n precisava de mim, já agora ela só tem uma amiga por ela ser tão tóxica e essa amiga é cega e n percebe isso , eu disse que também n tinha que perder tempo com ela, que ela estava sem argumentos e que ia só ignorar ela diz n é vdd o que a karls disse que ela, a Farls, era boa pessoa e era oq importava e para me meter nas minhas mentiras e que n sabia como falava mais mal das outras pessoas do que de mim e que eu n assumia que tinha problemas e que era tóxica, como ignorei n lhe respondi se tiverem alguma sugestão para eu responder digam pff, n meto os prints pq esta conversas foi toda de audios podem até achar que é fake mas n é ,eu até pensei em dizer ao rapaz que ela tentou entrar em contacto com ele mas n conseguiu só para ele mandar umas pessoas atrás dela mas achei isso demais e n fiz nada foi só um pequeno pensamento psicopata que me passou pela cabeça XD, são muitos animes para lidar. Acho que é isso mesmo.
View Poll
submitted by leonorkum to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.09 11:23 InezinhaDirectioner O Menino... Estranho ;-; (não tenho um bom título)

Oioii Lubisco e todos os seres vivos presentes (sem paciência pra escrever tudo sksk). Essa história é sobre um menino que supostamente "gostava" de mim e muita merda que aconteceu há 2 anos atrás e este ano. Por incrível que pareça TUDO oq vou dizer é 100% real. (bjs de Portugal sou uma grande fã 😗)
Então, há 2 anos atrás uma vez tava com a minha bff do momento num canto do recreio, daí ela precisou de ir ao WC.
De boas, eu fiquei esperando no cantinho e do nada veio um grupo de 2 meninas e 1 menino. Esse menino é dos populares por ser considerado "gato" (não tanto, mas tá). Eles começaram a ser simpáticos e tal, só q eu tava meio desconfortável pq eles tavam a falar cmg como se eu fosse uma bebézinha sem amigos. Do nada esse menino disse: "Olha, eu até namoraria com uma menina bonita como tu". Eu fiquei meio confusa e tal mas apenas ignorei. Entretanto eles foram embora e eu fui procurar a minha bff.
Alguns dias depois tava nas bancadas do colégio que ficam na frente do campo de futebol com umas amigas, e ao nosso lado tinha 3 meninas da turma desse menino (como não quero mostrar o nome dele vou apenas chamar ele de.... Macaco).
Menina 1: Ei, menina Eu: oq foi? Menina 2: Sabes o Macaco? Eu: quem? Menina 1: aquele ali (ela apontou pra ele) ele gosta de ti
Eu depois de ouvir isso fiquei meio tipo "quê" mas fingi q não ouvi nada Do nada esse menino GRITOU SE EU QUERIA NAMORAR COM ELE EM FRENTE DE TODA A GENTE LÁ (a maioria cagou mas mesmo assim)
Eu, como a boa pessoa que sou, gritei N-Ã-O e daí fugi de lá com uma das amigas.
No recreio a seguir a turma dele PENSAVA QUE EU TINHA DITO SIM e tavam todos tipo "oi namorada do Macaco" Eu sempre respondia que não namorava com ele mas elas sempre diziam algo tipo: "gostas sim" "mas ele gosta de ti" "mas ele é tão simpático"
Uma vez tava com a minha turma à espera da professora de Matemática entrar na sala e o Macaco chegou perto de mim e começou a dizer repetidamente: "Inês beija-me, Inês beija-me, Inês beija-me". Eu tentei me afastar mas ele continuava a tentar me convencer a beijar aquela boca nojenta.. Daí uma colega minha reparou na situação e gritou pra eu correr pra dentro da sala pq a stora já tava lá. Eu fui, a correr mais rápido q o Flash, e me sentei no lugar..Eu já tava me sentido salva mas não..
Prof: INÊS NÃO É ASSIM QUE SE ENTRA NUMA SALA!! SAI IMEDIATAMENTE!!!
Eu saí... E ele ainda tava lá ;-; com um sorriso creepy acenando pra mim ;-; eu fiquei batendo na porta até me chamarem e finalmente entrei.
Esse tipo de coisa foi acontecendo de vez em quando (mas não era tão estranho como essa) e chegou um dia que tava à espera de uma amiga minha pq ela tava à procura da lancheira dela e daí esse menino reparou na minha existência e abriu a boca.
Ele: ó Inês, tão todos a dizer que não gostas de mim. Explica-te!!!! Eu não aguentei e comecei a rir muito Eu: mano, eu nunca gostei de ti Ele: ISSO NÃO TEM PIADA!! Eu: tem! ainda rindo Ele: TA BEM! ACABAMOS!! Eu: ALELUIA-
Eu continuei a minha vida e o Macaco já n me chateava. (ele me pediu em namoro denovo e eu rejeitei mais uma vez)
1 ano depois.. Ele ficava constantemente a olhar pra mim (ele não é da minha turma se tiveres confuso, ele é da turma mais velha) mas ele quase nunca dizia nada
Outro ano depois (este ano) ele se tocou que "gostava" de mim denovo
Eu sempre chego muito antes das aulas começarem, tal como ele e o amigo dele. No colégio tem tipo um mini corredor que vai dar ao campo de futebol (pra educação física) e a meio desse caminho no lado esquerdo tinha uma sala onde os alunos podiam relaxar, conversar, etc.
Eu nunca tuve coragem pra entrar nessa sala pq o Macaco e o amigo dele tavam sempre lá. Um dia (detalhe importante: um dia antes do dia dos namorados) o desgraçado do menino chegou perto de mim e disse: "Olha não é preciso teres medo de mim. Podes ir pra sala". Eu apenas disse um ok e fiz um sorrisinho do tipo "saiii da minhaa vidaa~" No dia a seguir eu fui lá de boas, abri a porta e disse "bom dia". Olhei pra eles e eles ficaram mt chocados pq eu era mt tímida. Eu me sentei numa mesa longe deles e eles ficaram de boas. Eu também fiquei de boas e comecei a ver fotos do Harry Styles (cada um com os seus gostos). Esse cantor tem uma música chamada falling e tal e no refrão ele diz "im falling again, im falling again.. FAAAALING" (tradução: falling pode significar ou cair do tipo tropeçar oy tmb pode ser de se apaixonar do tipo "eu tou caindo de amores"). Eu tava vendo as fotos e tal equanto ouvia essa música e no refrão começaram a aparecer gifs dele a cair em palco. Eu não aguentei, eu comecei a rir muito
O Macaco olhou logo pra mim. Ele: Oq é q é tão engraçado? Eu: nada.. Ele: oq é q tás a ver? Eu: fotos de um cantor.. Ele: Quem? Eu: Harry Styles.. Ele: Hm.. Ok.
Uns minutinhos depois ele olhou para mim e me chamou Eu: oque foi? Ele: queres me acompanhar neste dia de S. Valentim? numa voz fofa e simpática Eu: Não Amigo: Ela namora com o amiguinho gay dela Eu: Não namoro não Amigo: Namoras sim Eu: Nós somos amigos Amigo: ta bem vou fingir que acredito.
Ficou um silêncio meio constrangedor. Mas não durou muito
Macaco: Bora jogar à bola aqui? Amigo: Bora
Eles queriam jogar ao jogo dos passes DENTRO DE UMA SALA ESTREITA (é tipo um jogo em que vão chutando a bola pro colega e ele chuta de volta)
Eles foram um pra cada ponta da sala e como óbvio o Macaco ficou perto de mim (CHATOOOO SE AFASTAA AIN) Eles começaram a jogar, de boas, e do nada o amigo dele chuta a bola um pouco alto. Eu me encolhi com medo de levar com uma bola dura de futebol na fussa e o chato abriu novamente a boca
Macaco : não é preciso teres medo, eu não sou q nem o teu amiguinho q n te defende Os dois começaram a rir e eu fiquei calada e séria e eles continuaram.
(Aconteceram outras coisas mas n é nada demais.)
Outros dias depois reparei que essa sala tava em obras. E a duplinha dos animais tavam sentados num banco à frente da sala.
Eu: Ei algum de vocês sabe oq se passa com a sala? Macaco: sim, linda Eu dei um sorriso do tipo "cala a boca" Amigo: ela namora com o outro (ele tava a falar do mesmo amigo "gay") Eu: Eu não namoro com ele, ele é meu amigo Eles ficaram em silêncio e dps o Macaco continuou Macaco: ent, aqui vai ser a sala dos professores e (bla bla bla q não ouvi). Eu: ah obrigada! Ele: denada fofa. Eu: ok tchau começo a andar pro corredor Ele: queres q eu te acompanhe? Eu: haha, não! Tou ótima!
Entretanto outro amigo deles chegou e eles começaram a falar. Do nada chegaram os 3 perto de mim e o chato tentou cantar "Story of my Life" (uma música dos one direcyion) Mas como óbvio ele não podia ser uma pessoa normal a cantar, não. Ele não sabia quase nada da letra por isso ele tava tipo "nanana my life nananana"
Eu me senti mt constragida e comecei a me afastar deles. Graças a Deus uma amiga minha já tinha chegado e eu fui atrás dela. Eles não me perseguiram (ainda bem) O dia continuou normal.
Daí, numa semana tava um clima meio estranho na escola por causa do Covid. Não sabiam se as escolas iam fechar ou não.. E daí na sexta feira decidiram.
Sim, as escolas iriam fechar oficialmente.
Quase ninguém foi à escola nesse dia e meio q não teve aula. Tivemos apenas a recolher os cadernos e materiais que precisávamos e alguns professores fizeram umas atividades simples.
Ao fim do dia tava eu e 3 amigas num canto. Esse canto é literalmente entre uma sala e a sala desse menino irritante. Uma das meninas precisava de guardar uma coisa na mochila, e ela n queria ir sozinha. Elas:..... Eu: eu posso ir Uma amiga: eu tmb Outra: não me vão deixar sozinha pois não?! Eu: Ok vamos todas
Eu já tava em pé e já tava preparada pra sair de lá. Dei uns passos e me deparei logo com esta cena: o Macaco de joelhos em cima de um skate a tentar andar nele. Eu recuei e comecei a rir e eu acho q uma das amigas tmb viu pq ela tmb tava a rir ksks. Esperámos a última amiga se levantar e fomos.
Quando começámos a passar por ele ele tava sentado no skate e essa amiga q viu começou a rir e a dar sinal pra eu olhar pra ele. Continuámos a rir um pouco e fomos esperar a amiga guardar a tal coisa. Entretanto uma auxiliar chamou essa menina pq a mãe dela já tava no portão pra levar pra casa. Ela foi e vi a minha nova bff a entrar na escola. Ela foi lá pta levar os livros que ela não levou. Eu fui com ela e mais uma amiga dela de boas levar os livros dela e passámos pelo Macaco Detalhe: essa amiga dela me shipa muito com ele ;-; Ela: OLHA O AMOR DA TUA VIDA ALI A OLHAR PRA TI E eu, como a lerda q sou, olhei LOGO pra ELE. (alguém me mata)
Uns minutos depois voltei pras duas amigas q tava a falar antes e fomos pra uma mesa em frente da sala dele.
Ele: Inês Eu: sim? Ele: tens bateria infinita nesse telemóvel (celular)? Eu: quê? Ele: ficaste o dia todo com ele e ele ainda tem bateria Eu: ok?.. Ele: quanto é q tens? Eu: 60% Ele: mds
Eu continuei o meu caminho e ele perguntou outra coisa mas eu ignorei. Fui pra mesa com as 2 migas e começámos a ver uns vídeos. Do nada o ar olhou pra mim e disse: vou me tornar em vento Começou a ficar mt vento e o meu cabelo tava a voar pra minha cara ;-; eu tava a tentar afastar e fiquri tipo : PORRA SAI DA MINHA CARA, CABELO!! Daí olhei pro lado e ele tava a olhar pra mim ;-; o pior é q ele não desviou o olhar. Ele continuou a olhar pra mim como se fosse animal do zoo. Eu fingi q n aconteceu nada e continuei a ver o vídeo com as meninas.
Bom Aconteceram muitas outras coisas, mas tou sem paciência pra contar todas. Resumozinho: Até q nos damos bem, ele me diz bom dia, eu digo bom dia de volta.. Mas é aquele tipo de amigos q só se falam numa hora determinada do dia, porém não tão próximos. Ele já me tentou pedir o whats e o insta mas eu não dei pq eu não tenho (ok agr tenho insta mas fds). E por causa da quarentena não nos podemos falar. Eu já entrei na videochamada da turma dele sem querer e foi isso ;-;
Obrigada por gastar o seu tempo a ler esta história bizarra e longa que eu gostava que fosse fake ;-;, bjs tenha um bom dia.
submitted by InezinhaDirectioner to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.07 09:18 colorfulnightmare Uma mísera gota de desabafo no grande mãe de tristeza que é o mundo

O título não diz muito. É um assunto que tenho vergonha de falar sobre, mesmo que eu já tenha feito muita piada em uma tentativa de esconder o quanto isso me afeta.
Desde muito cedo, nutri um certo interesse em mulheres mais velhas, mas só me dei conta disso aos 13 – maldita puberdade, me obrigando a encarar a realidade. Nessa idade, já sentia que algo era um pouco diferente comigo e eu nutria atenções para as professoras, imagino que isso seja normal, afinal, já ouvi toneladas de relatos, não entre meus infames colegas, afinal, todas as nossas professoras eram – nas palavras deles – canhões. Mas eu as admirava por muitos outros motivos além da beleza, cada pequeno detalhe delas era fascinante pra mim.
E então a vida seguiu e eu continuei a tentar esconder esse segredo. Digamos que a minha condição de gênero e idade não era muito favorável e quase sempre admitir isso era ser motivo de chacota pelos colegas. E eu, aos 16, tive que mudar de escola, num bairro central da cidade, uma escola pública, porém famosa na região. Lá, diferente das outras escolas que frequentei, tive paz para ser quem sou desde sempre e me harmonizar com minha sexualidade de uma maneira que fui naturalmente aceita pelos colegas e professores no geral e sou grata pelos dois anos que passei ali. Exceto por um único motivo que me faça ter um conflito interno há anos: lá eu conheci a mulher que talvez seja o amor da minha vida. Era por causa dela que me motivava a acordar cedo, coisa que eu odiava profundamente, a me esforçar a tirar notas boas e ter uma aparência minimamente agradável para que ela me notasse. Esse último ponto sempre foi um problema para mim, já que eu sofri bullying pesado por ter um traço físico que considero ser um defeito até hoje. Mas ela era tão gentil e me elogiava que esqueci isso por uns bons anos, pois graças a isso passei a me amar mais um pouco.
Mas como tudo não dá pra ser perfeito, ela tinha 45 anos e era minha professora de geografia. E o afeto que ela sentia era puramente aquela ligação que se cria dentro da sala, mesmo que tivéssemos alguns momentos, como deixar que eu ficasse de mãos dadas com ela e fizesse carinho na minha mão ou me dar apelidos carinhosos. Penso sempre se não é errado manter essa sensação comigo, mesmo depois de 4 anos.
Me dói muito saber que nunca poderei desfrutar de um relacionamento com ela, por esses motivos que eu já listei. Mesmo aquelas que também gostem do mesmo gênero, o senso de ética criado pela necessidade de ser diferente dos homens, além do que eu imagino ser vivências muito diferentes, as fazem correr de relacionamento com jovens. Já tentei me declarar duas vezes para ela, mas nunca tive coragem de ver a resposta. Não suportaria ser chamada de doente e mentirosa outra vez – uma história que não merece ser mencionada, por motivos que soarão muito machistas. Já tentei tentar me envolver com homens, meninas da minha idade, mas meu coração e minhas vontades sempre se voltam para ela, no final das contas. E em como eu dei rosas para ela e nunca esquecerei do sorriso tão lindo que ela me deu.
Não é bem um pedido de conselhos, pois sei que não há como resolver. E precisava falar em algum outro lugar, pois apesar de aceitar minha solidão, ela pesa e mesmo que eu seja jovem, é o peso do mundo, de um coração que parece querer bater mesmo que eu diga que é inútil.
submitted by colorfulnightmare to desabafos [link] [comments]


2020.06.06 08:04 dontlook_hesthere A menina que pois a culpa de seus atos em mim e minhas amigas e quase envolveu polícia.

Olá Luba, gatas, editor, tuxo, tucho (não sei como se escreve isso ;/) e cadáveres dos papelões. Hoje vim contar a história dela. história imensa Bom tudo começou o ano passado, numa escola aonde era o meu segundo ano estudando la, (obs: estava no sexto ano), no início do ano ficava só eu e a minha irmã, eu não sou muito sociável não gosto de conhecer gente nova nem de falar muito ja a minha irmã fala até com as paredes (irrelevante). Começando a aula, teve as apresentações e tals, coisa normal do primeiro dia de aula, e chegou uma menina que começou a choramingar falando “Oi meu nome “Karen” (não posso explanar o nome) e eu sou muito sozinha, ninguém gosta de mim, não tenho amigos e blá-blá-blá....) eu sou bem observadora e percebi que as demais meninas que estudavam com ela a encaravam com cara de repulsão, até ai ok. Deu intervalo e essa menina veio falar comigo e com minha irmã, e minha irmã nunca fomos com a cara dela eu gostei +ou- mais pra menos. E okay, muitas pessoas chegaram na gente e falaram “cuidado com ela, ela e bem venenosa.” Até ai eu ja fiquei meio cismada. Depois de um tempo ela foi se aproximando mais da gente ao ponto de achar que eu era a melhor amiga dela “ridículo”. Passou um tempo e começou a surgir um boato de que ela era lésbica, até ai tudo bem eu não tenho nada contra. Mas eu e umas colegas minhas (eram no total cinco contando comigo) começamos a desconfiar, ela vivia falando quer era super LGBT Q+ amava arco-íris e amava pessoas e personagens desse clã. Ok para deixar bem claro nos nunca fomos contra as pessoas LGBT nunquinha. Guarda bem essa informação. Passou um tempinho e eu comecei a sentir uma presença de inveja vindo dela, ela era bem cismada comigo (ja até tentou me beijar) nos desenhamos não e la grandes coisas, mas eu era preferidinha de uma professora que por coincidência era de Artes, eu sempre era líder de sala, ficava na frente de tudo, tomava conta da sala e tals, nas maioria das aulas, era quase a “presidente” da turma. Ela não gostava disso sempre q eu era elogiada ela soltava um “mas eu também sei fazer.” “Eu faço melhor.” “Ela não e nem isso tudo.” E por ai vai. Ai e aquela coisa “O que os olhos não vê, meus colegas me contam” eu descobri que ela falava mal de mim, mal das coisas q eu fazia, etc... Ai quando eu descobri isso ela veio com um puta vitimismo. Uma vez aquele meu grupinho foi chamado a diretoria, chegando la falaram que a “Karen” estava reclamando de bullying, eu ja fiquei nervosa pois nunca fiz bullying com ela, esclarecemos tudo e voltamos a sala. Em outubro eu estava querendo por um piercing, e quando eu mencionei isso, ela também disse que queria por... no último dia de outubro eu pus o piercing no septo e quando eu cheguei na sala ela disse “Que ridículo, ta parecendo uma vaca,sua mãe e louca de deixar você por isso.” Eu retruquei “Olha, minha mãe não e louca ela sabe muito bem o que eu posso ou não fazer, isso não vai interferir na sua vida, então fica quieta que nem falar com você eu falei.” E ela não falou comigo mais. No mesmo dia ela chamou uma amiga minha de puta, falou que quando ela crescer ia virar prostituta e que não tinha aonde cair morta, outra colega minha chamou ela de gorda, e cabelo ruim (obs: o cabelo dela e crespo). No dia seguinte ela foi ate a frente da sala e começou a chorar falando “Eu queria dizer que estou sofrendo bullying, estão me chamando de vaca por querer por um piercing, me chamaram de puta e falaram que eu não tenho aonde cair morta, falaram que eu sou gorda e tenho cabelo ruim e ainda estão me chamando de lésbica. (Ela já admitiu na minha frente q era, e na frente de outras pessoas).Mas eu não ligo e nem vou falar quem disse isso, so queria pedir para pararem de fazer isso pois eu já não sou aquela menina alegre e sorridente agora so penso em chorar.) nem a professora caiu no papinho dela. Dia seguinte o que aconteceu? Fomos chamadas até a diretoria, e ela e tão sinica que ate os diretores e professores não caem mais no papinho dela, so que o dono da escola ameaçou denunciar a gente para a polícia o famoso B.O, no finalzinho do ano conseguimos desmascarar ela, bom não adiantou de nada falar para os pais, a mãe e cega de amor e não acreditou em nada que falaram da filha. O maior gostinho foi ver no último dia de aula todos se abraçando e despendidos e ela la no portão sozinha, sem receber um tchau de quem dizia ser seus amigos. Eu sei que a história parece ser falsa mas infelizmente não e, desculpa pelo tamanho da história e olha que eu não contei nem metade do que ela fez, so disse o principal. Beijos Luba >3
submitted by dontlook_hesthere to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.06 05:45 BundinhaDeCroosFit Eu Sou o Babaca Por ´´Bloquear A minha Crush Por Causa Das Amigas Delas´´

Olá, luba, editores, gatas, e todo mundo ai, Bem Sou novo é não sei como colocar aqui então vou colocar oq eu acho que e isso
Bem,Tudo Começa,Em um dia na escola (quarto ano) eu era novo a escola era particular (sempre estudei em escola publica) conheci um menina chamada Carls(nome não oficial) eu sempre tive aqueles ´´amores de escola´´ mas ela e diferente foi meio que meu PRIMEIRO amor de verdade, eu ia ter uma quadrilha que ela ia participar (ela era do quinto ano) na festa junina, eu peguei o numero dela, comecei a falar com ela, no final do ano eu falei algo que as pessoas do quinto ano COMEÇARAM A BRIGUAR COMIGO,bloquei todas os amigos dela (menos ela) eu falei com ela para parar de me odiar ou me bloquear, eu bloquiei ela, FIM
Só isso lubisco, não tem print pq troquei de celular, e pouca mais e so isso que lembro
submitted by BundinhaDeCroosFit to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.04 05:35 TeteuMendes Amigo talarico I Am the ass hole ?

Ola luba, editores e turma, meu nome é Matheus e tenho 16 anos, vou dar um contexto do que aconteceu comigo: Eu no meio de 2019 tinha começado a namorar com uma menina, vamos chamar ela de Carls, e ela era muito boa pra mim, porém por N motivos nos separamos, tempo vai tempo vem a gente volta no final de 2019, e tipo eu sempre fui apaixonado na carls, ela foi meu primeiro amor sabe? e no início de 2020 terminamos pois não tava dando certo, porém eu ainda a amava, tempo vai tempo vem e eu estava em uma feira noturna de Atibaia que é a minha cidade, e então eu começo a ter crises de ansiedade e de choro por que eu tinha lembrado da minha ex, eu não estava bem e meu "amigo me levou pra casa" ele foi me consolando e eu fui contando tudo pra ele, inclusive minha história com a carls, logo depois eu comecei a considerar ele como um irmão, pois ele me ajudou bastante, já depois de quase 1 mês disso ele fica cm minha ex de casal numa alameda aq de Atibaia (fiquei sabendo por um amigo) e achei isso meio errado, então decidi cortar contato com ele, hoje de noite ele me mandou mensagem e segue o print, gostaria de saber quem foi o errado da história, uma amiga minha disse que deveria voltar a ser amigo dele e fiquei com duvida. 03/06/2020 23:25 - As mensagens e chamadas desta conversa estão protegidas com a criptografia de ponta a ponta. Toque para mais informações. 03/06/2020 23:25 - ???: 03/06/2020 23:26 - Teteu: qm é ? kkkk 03/06/2020 23:26 - ???: Otavio 03/06/2020 23:26 - ???: conhece? 03/06/2020 23:26 - Teteu: do Aracy ??? 03/06/2020 23:27 - ???: O PORRA 03/06/2020 23:27 - ???: me adiciona 03/06/2020 23:27 - ???: se vai ver a foto 03/06/2020 23:28 - Teteu: aa 03/06/2020 23:28 - Teteu: putz mn é vc 03/06/2020 23:28 - ???: putz man sou eu 03/06/2020 23:28 - Teteu: to meio puto cm uns bglh q vc fez 03/06/2020 23:28 - Teteu: achei mancada 03/06/2020 23:28 - ???: eu???? 03/06/2020 23:28 - ???: qq eu fizz 03/06/2020 23:28 - Teteu: mano 03/06/2020 23:28 - ???: ja fala man 03/06/2020 23:28 - Teteu: c se lembra 03/06/2020 23:28 - Teteu: quando eu chorei do nada 03/06/2020 23:28 - Teteu: e tive crise de ansiedade 03/06/2020 23:28 - Teteu: no meio da feira noturna ? 03/06/2020 23:29 - Teteu: ent 03/06/2020 23:29 - Teteu: era por causa da minha ex 03/06/2020 23:29 - ???: a 03/06/2020 23:29 - Teteu: e você me perguntou quem era minha ex 03/06/2020 23:29 - ???: lembrei 03/06/2020 23:29 - ???: irmao 03/06/2020 23:29 - ???: calma 03/06/2020 23:29 - Teteu: eu te respondi q era a carls carls e tals 03/06/2020 23:29 - Teteu: e tu foi lá e ficou cm ela mano 03/06/2020 23:29 - Teteu: e eu achei zuado isso mn 03/06/2020 23:29 - ???: posso? 03/06/2020 23:29 - ???: ?? 03/06/2020 23:29 - Teteu: fala se 03/06/2020 23:29 - Teteu: ae* 03/06/2020 23:29 - ???: primeiro 03/06/2020 23:30 - ???: perdao 03/06/2020 23:30 - ???: isso nao se faz mesmo tlg 03/06/2020 23:30 - ???: e eu só fiz isso 03/06/2020 23:30 - ???: pq 03/06/2020 23:30 - ???: eu tinha esquecido 03/06/2020 23:30 - ???: e foi dps daquele ngc 03/06/2020 23:30 - ???: eu nem lembrava 03/06/2020 23:30 - ???: foi mto dps 03/06/2020 23:30 - ???: eu tinha terminado com a (censura) 03/06/2020 23:30 - ???: ai tava triste 03/06/2020 23:30 - ???: ela me chamou pra tomar açai sla 03/06/2020 23:31 - ???: ai ela me levou pro canto e me beijou 03/06/2020 23:31 - ???: mas eu nn ia pegar tb 03/06/2020 23:31 - ???: dps eu achei que ela ia ficar me chamando e fiquei com medo dela se machucar e parei de falar cm ela 03/06/2020 23:31 - ???: pq ela confundiu as coisas 03/06/2020 23:31 - ???: foi isso 03/06/2020 23:31 - ???: man 03/06/2020 23:31 - ???: perdao 03/06/2020 23:31 - ???: de vdd 03/06/2020 23:31 - ???: nao fui homem 03/06/2020 23:31 - ???: só que eu esqueci viado 03/06/2020 23:32 - Teteu: ah velho, tipo eu te considerava irmão tlg 03/06/2020 23:32 - Teteu: te contei uns bglh q eu n contei nem pra minha melhor amiga saca 03/06/2020 23:32 - Teteu: e c vai e faz isso mn 03/06/2020 23:32 - Teteu: e tipo eu sei 03/06/2020 23:32 - Teteu: q vcs tavam na Lucas (alameda) de casalzinho na Lucas mn 03/06/2020 23:33 - Teteu: tipo eu te perdoou tlg 03/06/2020 23:33 - Teteu: mas eu n quero amizade 03/06/2020 23:33 - ???: qdo eu comecei a falar com ela eu nem lembrava pq fazia mo cota memo 03/06/2020 23:33 - ???: nao tava 03/06/2020 23:33 - ???: juro 03/06/2020 23:33 - ???: quem falou isso? 03/06/2020 23:33 - ???: para teu 03/06/2020 23:33 - Teteu: meu amigo 03/06/2020 23:33 - Teteu: passou na Lucas 03/06/2020 23:33 - ???: eu nao fiquei de casalzin 03/06/2020 23:33 - Teteu: e disse q viu a Nicole na Lucas 03/06/2020 23:33 - Teteu: com um mlk 03/06/2020 23:33 - ???: ela tava com um la 03/06/2020 23:33 - ???: e dps me encontrou 03/06/2020 23:33 - Teteu: ai eu conversando cm a carls descobri q era vc mn 03/06/2020 23:34 - ???: eu nao fiquei de casalzin 03/06/2020 23:34 - ???: man 03/06/2020 23:34 - ???: eu juro 03/06/2020 23:34 - ???: por tudo 03/06/2020 23:34 - Teteu: achei zuado pra krl mn 03/06/2020 23:34 - ???: eu tava fld q tava triste pra ela 03/06/2020 23:34 - ???: ela me puxou e me beijou dms 03/06/2020 23:34 - ???: man... 03/06/2020 23:34 - ???: nada justifica isso 03/06/2020 23:34 - ???: mas 03/06/2020 23:34 - ???: vey 03/06/2020 23:35 - Teteu: tá suav mn 03/06/2020 23:35 - ???: se poe no meu lugar viado 03/06/2020 23:35 - Teteu: eu te perdoou 03/06/2020 23:35 - Teteu: pode até ser 03/06/2020 23:35 - Teteu: realmente q vc esqueceu 03/06/2020 23:35 - ???: man 03/06/2020 23:35 - Teteu: ou talvez fez mesmo sabendo q eu gostava dela 03/06/2020 23:35 - Teteu: mas eu n quero mais amizade mn 03/06/2020 23:35 - ???: pq eu vou querer fazer um bgl desse de proposito 03/06/2020 23:35 - Teteu: n da pra ter confiança depois disso manin 03/06/2020 23:35 - ???: ta certo matheus 👍👍 03/06/2020 23:35 - Teteu: to sendo 100% verdadeiro 03/06/2020 23:36 - ???: ja nao é manin 03/06/2020 23:36 - Teteu: te desejo tudo de bom 03/06/2020 23:36 -Teteu: porém n da pra ter amizade depois dessa 03/06/2020 23:36 - ???: quando as coisas melhorarem nao vem querer voltar a falar cmg 03/06/2020 23:36 - ???: da,mas se nao sabe 03/06/2020 23:36 - Teteu: cara eu só achei quebrado mn
Luba depois disso ele me bloqueou e postou nos status: Só pra avisar que não sou talarico de propósito, a não ser que você mereça.
E foi isso... obs( Os prints não carregavam e tive q exportar a conversa do whats ) Beijos luba, manda um abraço pro meu tio Marcelo, assisto seus vídeos com ele !
submitted by TeteuMendes to TurmaFeira [link] [comments]


2020.05.28 08:27 julinhapikada17 Quase corna

Olá luba, editores, gatas, turma e todos os seres do mundo, vim contar a minha bela história de novela mexicana.
(Não sei se o meu português está correto, to cm muita preguiça de escrever meu Deus)
Tudo começou esse ano, aqui na minha cidade cada ano escolar tem um período diferente e o sonho de [email protected] é virar do primeirão e estudar a noite até ai tudo bem, não tem tanta importância.
As coisas começam mesmo quando eu começei a estudar de noite quando a minha amiga (vamos chama-la de trix) me apresentou uma pessoinha que peguei um amor pela primeira vista e depois de um mês, eu e a pessoinha nos conhecemos um pouco melhor e ficamos mais próximos e tals.
E uma coisa importante é que nesse mês era a minha grande festa de 15 anos e pensei, porquê não chamar ele? Dei o convite pra ele e falei que ficaria mt feliz se ele fosse, e não é que ele foi mesmo?
O dia da festa chegou e foi literalmente a melhor da minha vida, pelo fato de eu estar com pessoas que eu amo, ter uma festa linda daquela com amigos e parentes que eu amo tanto, festejando mais um ano da minha preciosa vida kk.
Na segunda-feira um dia depois da festa( teve o 2 dia no caso domingo) trix me mandou um print da pessoinha dizendo "eu acho que estou gostando da julinha, vulgo eu, e eu SURTEI, sai gritando pela casa falando que ele me amava e que nós iríamos formar um lindo casal, que ele era lindo e um menino com maturidade o suficiente para ser meu primeiro namorado. Resumindo, eu tava MUUUITO feliz.
mal sábia eu que ele era um verdadeiro filha da puta.
Vamos pular algumas partes, luba não vai querer ler uma bíblia
Trix nos deu um empurrãozinho e tcharam! Estava-mos namorando, eu não pude ficar mais feliz como eu estava.
Mas ai o mês de abril chegou e meus amigos... não foi nada legal.
Primeiro começou com briguinhas da parte dele por ciume de uma pessoa que eu gostava em 2017 beeem antes de eu conhecer ele, depois foram brigas dizendo que eu estava iguinorante e tratando ele como se fosse os meus amigos sendo que ele queria que eu prestasse mais atenção nele do que os outros.
E AI ENTRA A RASPA CANELA, vamos chama-la de gabi. Gabi era uma grande amiga minha des dos meus 10 anos de idade, inseparaveis mesmo com uma diferença de idade pequena e sendo mais nova que eu. Gabi era proxima da pessoinha, até demais, eu sentia um pouco de ciúme mais não queria pagar de surtada e confiava na gabi o bastante pra pensar que ela não fazeria uma barbaridade dessas.
No final de abril as brigas ficaram mais pesadas entre eu e ele, ficamos mais de 1 semana sem se falar pelos mesmos motivos, falei com ele que era o meu 1 relacionamento e que ele tinha que entender a minha parte também, pra mim eu sempre o tratei com amor e carinho e algumas horas eu estrapolava mas não era por querer. Depois nos resolvemos de novo e ficamos bem, e depois BRIGAMOS DENOVO por causa dos mesmos motivos sendo que eu apenas estava sendo eu.
(Sou uma pessoa bem carinhosa e eufórica, eu amava falar com ele eu mandava fotinhas, falava sobre games porquê eu sabia que ele gostava, falava sobre planos futuros, sobre ter um momento só nosso depois que o corongah passase, sempre tentei dar o meu melhor e ate hj não entendo)
e vem a parte foda, Gabi chamou eu e a trix para ir na casa da pessoinha dando a desculpa de "ele me falou que tava muuuito triste e resolvi juntar nós 3 para ir lá" e não vi problema pois eu confiava de olhos fechados. Mas no dia a minha amada mãe não deixou e então só foram a trix e a gabi.
Eu fiquei muito triste em casa, porquê eu queria ver a pessoinha, fiquei deitada o dia todo assistindo videos pra tentar esquecer um pouco, fiquei mechendo em algumas redes sociais e depois eu entrei no zap como quem não quer nada e fui ver o status do povo. Até que a pessoinha postou mais de uma foto com a Gabi, andando de skate, abraçados e gravando gifs, pra mim foi a gota d'água, eles estavam próximos até demais des das brigas que agt tinha. Chamei ele e pedi pra terminar, ele aceitou super de boa e tivemos um termino saudável. Terminei por conta da minha intuição que graças a Deus não falhou e ficou martelando na minha cabeça até eu pedir esse termino porquê eu SABIA que tinha alguma coisa errada ali
No outro dia Gabi veio me chamar aqui no portão, não respondi nenhuma das mensagens dela pq tava chateada, ela sabia da minha situação com ele e não teve um pingo de respeito com a minha pessoa ela poderia ter pensado duas vezes antes de ir na casa do "melhor amigo" sem a NAMORADA dele. ela chamou e chamou, viu que eu não ia atender e foi em bora, achei que teria um momento de paz mas estava enganada, Gabi subiu com a irmã dela e me chamou no portão, eu com a minha inocência achando que era só a irmã dela me chamando pra me pedir alguma coisa atendi e estava a irmã da gabi e a gabi na frente de casa, e ai a irmã dela me disse as seguintes palavras:
" olha julinha, eu ja acabei muitas amizades por causa de macho, a gabi nunca teve intenção com ele, ela sabe que você gosta dele, a única pessoa que deve ter intenção é aquela sua amiga trix, então fica de olho nela e não na gabi, por quê com certeza a trix vai trair a sua amizade com ele" e bom, hoje a irmã dela que me disse isso arrastou a cara no asfalto. Não foi a trix que ficou com o meu ex e sim a Gabi.
Eu no momento não revidei, eu estava triste, com o coração partido, não consegui pensar então só escutei. A irmã da gabi continuou falando mais algumas merdas e desceu pra casa dela e eu fiquei la fora conversando um pouco com a gabi só pra dizer que eu "não estava com raiva" depois dei a desculpa que ia tomar banho e entrei para casa.
No outro dia, a gabi me manda esse texto:
"Boa noite,mano quero falar uma coisa talvez isso destrua nossa amizade mais foi inevitável. Então é o seguinte eu e a pessoinha estamos gostando um do outro e sério eu juro que eu achava que era paranoia mais não é julinha eu realmente gosto da pessoinha? Não sei como isso aconteceu assim rápido e eu sei que vc tá triste com o término de vcs é seria uma filha da putagem eu pegar ele depois de vc pq eu sei que ninguém apoiaria,eu seria chamada de talarica e tudo mais,mas na verdade eu não escolho quem eu amo,nunca escolhi e sério eu espero mesmo que vc entenda,meu maior medo é perder sua amizade pq eu te amo infinitamente vc sempre será minha melhor amiga e me desculpa por isso tá? Sério eu evitei mais acabei descobrindo que ele também está sentindo um sentimento por mim,olha não fica brava ou se ficar desculpa sério eu espero que vc entenda boa noite."
E eu puta da cara revidei com esse:
"Olha eu realmente não queria terminar assim mais vc deu um PUTA vacilo comigo pq isso n é coisa q amiga se faz sabe? Nossa amizade já durou anos e eu nunca fazeria isso com alguem q vc gostasse como exemplo o Carls, e sobre isso de "o coração n escolhe qm ama" vc poderia ao menos ter se afastado dele pra tentar afastar esse sentimento ao invés de se aproximar, mas vc resolveu ser mais intima e deu nisso Por favor, eu não quero q nem vc e nem a sua irmã venha no meu portão flando q a nossa amizade n pode ser destruida por causa de macho pq eu sei bem q se fosse cm ela ela faria a msm coisa. Por favor não fala mais comigo."
Depois a gabi tentou voltar falar comigo, mandando meu numero para uma amiga dela falando que ia se [email protected], que estava tendo crises de ansiedade frequentes e tendo pesadelos comigo, mas pra outros ela estava falando que tava feliz, que conseguiu pegar o menino que ela tanto queria. Ai ai essa gabi viu.
A pessoinha não sai como gente boa também, ele e a gabi tiveram umas dr por ela querer terminar com ele por minha causa e a pessoinha começou a desabafar com a trix e praticamente jogando a culpa em mim, dizendo o porquê de eu existir e o porquê de eu ter entrado na vida dele. Sem contar que ele vive falando que "todos so entendem o lado dela, e nunca o meu", namoral isso é coisa que se faça???
Hoje eu estou escrevendo aqui com o meu coração partido vendo que a pessoinha que eu ainda amo com a minha ex melhor amiga e a menina que se denominava minha melhor amiga com o meu ex.
desejo o melhor pra eles e que os dois vão tomar no meio do cu.
bom... essa é a parte 1, a proxima talvez pode ter prints? E mais detalhes?
luba espero que tenha gostado da minha desgraça pq agr eu sou chamada de corna na família :(
Caso tenha duvidas, faça perguntas eu irei responder numa (talvez) parte dois.
Beijos te amo <3
submitted by julinhapikada17 to TurmaFeira [link] [comments]


Casa Nossa - 11. Me Chama de Amor (Menina) - [Álbum Cara ... Hora do conto 'A menina chamada Eu', por Estefânia Surreira uma MENINA chamada SALLY FACE #1 Amor entre meninas ^-^👭 - YouTube Uma Criança Chamada Amor Anitta - Menina Má  Chamada Música Boa Ao Vivo 2017 Menina Amada Minha - Chamadas de Estreia (SBT, 2004) Menina Amada Minha - Chamada SBT, 2004 Chamada - Menina Arroto no Qual é o Seu Talento?

  1. Casa Nossa - 11. Me Chama de Amor (Menina) - [Álbum Cara ...
  2. Hora do conto 'A menina chamada Eu', por Estefânia Surreira
  3. uma MENINA chamada SALLY FACE #1
  4. Amor entre meninas ^-^👭 - YouTube
  5. Uma Criança Chamada Amor
  6. Anitta - Menina Má Chamada Música Boa Ao Vivo 2017
  7. Menina Amada Minha - Chamadas de Estreia (SBT, 2004)
  8. Menina Amada Minha - Chamada SBT, 2004
  9. Chamada - Menina Arroto no Qual é o Seu Talento?

Primeiro episódio de #SallyFace e caso goste, deixe seu gostei para a gente descobrir os mistérios desse prédio bizarro. Vire MEMBRO DO CANAL: https://www.yo... Por que toda forma de amor e válida🌈 😍👭 Chamadas de estreia da novela 'Menina Amada Minha' veiculadas pelo SBT em 2004. VOGAIS: A comovente história de uma menina especial contada pela sua dedicada professora Mary MacCracken. Chamada Menina Amada Minha (2004) - Duration: 0:31. Bart Simpson 2,552 views. 0:31. Comedians in Cars Getting Coffee: 'Just Tell Him You’re The President” (Season 7, Episode 1) - Duration ... Intérprete / Artist: Casa Nossa Música / Song: Me Chama de Amor (Menina) Álbum: Cara de Brasil #casanossa #grupocasanossa #caradebrasil #mechamadeamor #menin... Chamada - Menina Arroto no Qual é o Seu Talento? Menina Arroto. Loading... Unsubscribe from Menina Arroto? Cancel Unsubscribe. Working... Subscribe Subscribed Unsubscribe 22.2K. Hoje temos a narração do conto 'A menina chamada Eu', da obra 'Contos de Encantar' de E.E. Cummings. Tradução de Hélia Correia. Ilustrações de Rachel Caiano. Ed. Ponto de Fuga. Vídeos de ... 50+ videos Play all Mix - Anitta - Menina Má Chamada Música Boa Ao Vivo 2017 YouTube Anitta na Brazil Conference at Harvard & MIT - Duration: 1:07:54. Central Anitta 392,939 views